ÓBITO – Faleceu o padre Manuel Augusto Frade

0
2
O padre Manuel Augusto da Silva
Frade faleceu ontem com 82 anos, no Instituto de Oncologia de Coimbra.
Manuel Augusto Frade era natural
de Calvão, Aveiro, e entrou para o Seminário Menor da Figueira da Foz em
Outubro de 1946. Foi ordenado presbítero a15 de Agosto de 1959, na Sé Nova de
Coimbra.
O padre Frade, como era
conhecido, foi professor e perfeito no Seminário da Figueira da Foz e no
Seminário de Coimbra; coadjutor de Cantanhede; pároco de Seixo de Mira e de
Corticeiro; arcipreste de Mira; pároco “in sollidum” de Santa Maria de Arrifana
de Poiares e pároco de Sazes e Figueira de Lorvão (Penacova). Licenciou-se em Música Sacra
no Pontifício Instituto de Música Sacra em Roma, tendo servido nesta cidade a
Reitoria do Colégio Português.
Em 1991 foi criada em Coimbra a
Escola de Música Sacra tendo sido nomeado 
seu primeiro director, o padre Frade, cargo que exerceu até 2016. Foi
director do coro da Sé  Catedral de
Coimbra «Foi sacerdote muito dedicado ao serviço da Igreja que serviu com fé,
amor e arte, sobretudo no que diz respeito à liturgia e música. Estas mesmas
qualidades pôs ao serviço dos seus colegas no sacerdócio», disse, em
comunicado, a Diocese de Coimbra. «Os últimos anos do Padre Frade foram
passados no Semanário e na Casa do Clero de Coimbra», acrescentou.
O corpo do padre Manuel Augusto
da Silva Frade é trasladado hoje, pelas 9h00, da capela do Seminário Maior de
Coimbra para a Sé Nova, onde será celebrada, pelas 11h00, missa exequial
presidida por Virgílio do Nascimento Antunes, bispo de Coimbra. Em Calvão, sua
terra natal, será celebrada missa, às 15h00, seguindo-se o funeral.