FUTEBOL DISTRITAL – Derrota em casa e nervos à flor da pele

0
3
Eficiência e concentração
defensiva foram fatores decisivos no resultado final. O conjunto de Soure
viu-se a perder em casa, frente ao União FC (Penacova), num jogo onde, apesar da posse de
bola dos locais, foram os visitantes a “faturar”.

Os forasteiros entraram em campo
com plena consciência de que seria um jogo dif ícil, apostando em lances
rápidos de contra-ataque e surpreendendo a defesa do Sourense, que aos 13’ fica
para trás, após arrancada de Daniel que cruzou para Carlos Santos inaugurar o
marcador.

A vencer fora e contra um dos
líderes do campeonato, o conjunto de Tó Miranda recuou as suas linhas e apostou
num jogo mais defensivo, preservando a vantagem. O conjunto da casa, com a
posse de bola a seu favor, procurou penetrar a defensiva visitante, mas o tempo
foi passando e as decisões no último passe nem sempre foram as melhores.

Já na 2.ª parte, e sem conseguir
criar perigo para a baliza de Gonçalo, a pressão foi aumentando e tudo pirou
quando Justin viu o cartão vermelho direto.

Ainda que com 10 unidades em
campo, o grupo de Soure manteve-se “dono e senhor” do jogo, mas já mais com o
coração do que com a cabeça, com o nervosismo a fazer-se notar cada vez mais.

Só ao cair do pano é que, de
cabeça, o conjunto de Rafael Silva esteve perto de marcar, mas Gonçalo
conseguiu evitar o pior e garantiu assim três pontos para o União FC. Vitória
sofrida, que premeia os eleitos de Tó Miranda, que conseguiram guardar a
vantagem mínima durante grande parte do jogo.