DESPORTO – CAD/Chelo brilha com pleno vitorioso

0
2

























A formação do CAD/UPC Chelo
deslocou-se a Oliveira de Azeméis para defrontar a Oliveirense, actual 2.ª
classificada, num jogo que se perspectivava equilibrado.

Com um início de jogo com
grande intensidade, a equipa de laranja rapidamente se colocou em vantagem no
marcador. A defesa agressiva protagonizada por Oyanaisy Gelis e Ester Fortes,
que trocavam sucessivamente nos bloqueios à jogadora mais influente da
Oliveirense, Carolina Anacleto, permitiu anular grande parte do jogo ofensivo
caseiro.

Para além da eficácia
defensiva, também ofensivamente o CAD revelou grande acerto, o que lhe permitiu
“cavar” um fosso de 11 pontos no primeiro período (10-21). No segundo período,
a Oliveirense trocou a defesa para zona, conseguindo abrandar o poder ofensivo
de Leidy Ferreira, que debaixo do cesto era uma ameaça constante ao cesto
adversário. Apesar de permitir apenas 16 pontos, a Oliveirense continuou a ter
muitas dificuldades em ultrapassar a defesa visitante.

No terceiro período,
assistiu-se novamente a um CAD/Chelo mais organizado, continuando a dilatar a
vantagem que à entrada dos últimos 10’ era de 20 pontos (34-54).

No quarto período, a
Oliveirense ainda tentou, sem êxito, encurtar a diferença, mas sem sucesso. A
internacional cubana Oyanaisy Gelis conseguiu sempre com facilidade ultrapassar
a pressão das adversárias, acabando assim com a esperança da Oliveirense
(46-67).
Destaques no CAD/Chelo, pa
ra Leidy Ferreira (27 pontos e 14 ressaltos), Oyanaisy Gelis (15 pontos, 12
ressaltos e 9 assistências) e Cátia Soares (8 pontos).

A formação do distrito de
Coimbra conseguiu o pleno na 1.ª fase, ganhando os 14 jogos disputados,
ostentando a melhor defesa e o melhor ataque das 31 equipas que participam no
Nacional da 2.ª Divisão feminina. A segunda fase da prova contará com a
participação do CLIP, Marítimo, UAA Aroso, CAD/UPC Chelo, Oliveirense e
Esgueira. Os dois primeiros classificados irão disputar a tão ambicionada
“Final 4”, que dará acesso ao Nacional da 1.ª Divisão.