FUTEBOL DISTRITAL – Líder quer distância dos perseguidores

0
3


Vencer, criar
maior distância dos perseguidores e aproveitar, no “conforto do lar”, o facto
do 2.º e 3.º classificados terem deslocações que prometem ser difíceis. Esta é
a missão do Sourense na 22.ª jornada da Divisão de Honra AFC em que a turma de
Soure recebe o Pampilhose, a partir as 15h00 de amanhã, e pretende triunfar diante
de um conjunto que no estatuto de visitante apenas 
venceu três
dos 11 duelos que fez. Já os pupilos de Rafael Silva têm um registo caseiro, que
lhes confere o natural favoritismo, com oito vitórias nos 10 desafios
realizados tendo perdido dois e apenas sofrido cinco tentos como visitado.
O Condeixa,
vice-líder da competição, vai ao terreno do União FC, Penacova, que na segunda volta tem
quatro vitórias e dois empates e ainda não consentiu qualquer derrota. Nos 10
encontros disputados no Campo da Feira Nova, os unionistas têm cinco triunfos,
três empates e duas derrotas, o que deixa antever uma ronda complicada para os
condeixenses. Contudo, após a saída de Bruno Conceição, os “romanitos” sabem
que não podem voltar a vacilar rumo à meta da subida.
Será no
Complexo Desportivo da Tocha, diante do 8.º classificado, que o Oliveira do Hospital
tentará manter a chama da liderança acesa. Os tochenses vêm de três triunfos consecutivos
e em casa têm quatro vitórias, três empates e 
o mesmo número
de derrotas, mostrando alguma força caseira. No entanto, os oliveirenses ainda
não perderam foram e só sofreram três golos “fora de portas”, pelo que voltam a
ser favoritos para este duelo.
O 4.º classificado
Ançã, à distância de nove pontos do “trio” da frente, recebe o “lanterna vermelha”
Sepins que tem a descida presa por um fio. A formação de Ançã tem largo
favoritismo no encontro. O Penelense, que é o 5.º colocado, de forma isolada,
vai ao terreno de um Febres (12.º) que tem feito uma temporada áquem das
expectativas e está na fase final da tabela classificativa pelo que necessita
de pontos para ainda atacar um “top 10”
que seria bem melhor.
Os “azuis e
brancos” de Eiras voltam ao local, o Campo Vale do Fôjo, onde ao empatar com o
Condeixa se intrometeram nas contas do topo e querem voltar a ser felizes,
desta vez com triunfo, na recepção ao Vinha da Rainha (10.º). O Vigor, 11.º,
irá tentar não ser igualado pelo Poiares (13.º) e para isso terá de pontuar no
Complexo Desportivo de Fala.
Do 14.º lugar
para baixo, cuja a distância já é de 13 pontos (!) para os 13 postos acima, o
Pereira (15.º) recebe o Lousanense (14.º) com a expectativa de chegar à
terceira vitória no principal escalão do futebol distrital de Coimbra. 

1ª DIVISÃO DISTRITAL

Das equipas do “trio” da
frente só o Marialvas (3.º) joga em casa, nesta ronda 20 da 1.ª Divisão AFC,
sendo que o líder Arganil e o Lagares da Beira, vice-líder, vão a redutos de
dificuldade assinalável.
O conjunto cantanhedense, que
aproveitou as derrotas do “duo” da frente na última ronda, recebe o Águias
(4.º) que ainda também tem a ambição de chegar aos lugares de subida no que
promete ser um embate “quente”.
O Arganil, por seu turno,
vai à casa do surpreendente Góis (6.º) que só venceu na segunda volta. Já os lagarenses,
por seu turno, vão ao Campo de Mualdes onde o Real local já terá perdido as
esperanças de subida.
Com estes embates entre
emblemas da frente, o Mirandense, 5.º colocado, pode também aproveitar para
ganhar em mais de um campo se bater o Adémia. Condeixa B-Moinhos, Ac.
Gândaras-Mocidade e Arouce Praia-S. Silvestre são os restantes duelos. 

Ricardo Ferreira Santos – Diário de Coimbra