CIM REGIÃO DE COIMBRA – Pensos rápidos de “Erva-das-verrugas” vencem final do Concurso de Ideias de Negócio

0
3
O
projeto Quicly Heal, do aluno Bruno Paulino, da EPTOliva de Tábua, orientado
pela professora Honorata Pereira, venceu esta tarde, a final da 4.ª edição do
Concurso Intermunicipal de Ideias de Negócio, realizada no Centro Cultural de
Tábua, pela primeira vez, em regime de bootcamp.
O
Quicly Heal é constituído por pensos rápidos com função antibacteriana extraída
de uma planta especifica,  a “Chelidonium Majus”, a popular
Erva-das-verrugas. Contém ainda um spray borrifador que substitui outros
produtos.
No
2.º e 3.º lugares, classificaram-se, respetivamente, os projetos  Happy
Products, do concelho de Montemor-o-Velho, e Requei-Bom, do concelho de Oliveira
do Hospital.
No
primeiro caso, os alunos da Escola Profissional Agrícola Afonso Duarte, João
Machado, Cláudio Santos e Luís Pereira, sob orientação dos professores Florbela
Leite, Isabel Garcia e Hugo Rocha, criaram molho com condimentos naturais,
embalado em bisnaga. É um molho de elevado valor nutricional, fácil de
transportar e de utilizar.
A
fechar o pódio, o projeto dos alunos Tânia Henriques e Fábio Moita, da AE
Oliveira do Hospital, orientados pela professora Sónia Rendeiro, propõe
bombocas  de chocolate com recheio de requeijão, produto abundante em
Oliveira do Hospital.
A
CIM Região de Coimbra está a trabalhar com o IEFP e o sistema científico
regional de modo a criar condições para a implementação destes projetos.
Este
ano letivo (2016/2017), foram apresentadas cerca de 200 ideias de negócio, das quais 132 participaram nos concursos municipais realizados nos
Municípios que compõe a CIM Região de Coimbra, sendo selecionadas as 18 equipas
finalistas que participaram no evento realizado hoje, em Tábua.

O
júri constituído por Alexandra Rodrigues, CCDRC, Gonçalo Gomes, TCP, Miguel
Mourão, CM Góis, Daniel Lopes, da Whitesmith, e Licínia Peixoto, IEFP não teve
tarefa fácil perante a qualidade dos projetos apresentados.
Ricardo
Alves, vice-presidente do Conselho Intermunicipal da CIM Região de Coimbra,
Mário Loureiro, presidente da CM Tábua, e Jorge Brito, Secretário Executivo da
CIM Região de Coimbra, distribuíram os prémios aos três primeiros
classificados.
O
presidente do Município anfitrião, Mário Loureiro, saudou os alunos e os
professores participantes, agradeceu o contributo de todos os que tornaram
possível a final realizada hoje, à tarde, em Tábua, e desafiou os jovens
empreendedores a investirem no concelho tabuense, que está de braços abertos
para os receber.
Ricardo
Alves, vice-presidente da CIM Região de Coimbra, elogiou a qualidade dos
projetos apresentados e considerou “vencedoras” todas as equipas participantes
na iniciativa da comunidade intermunicipal, que deste modo cumpre uma das
prioridades  no processo de desenvolvimento da região.
Recorde-se
que a 4.ª edição do Concurso Intermunicipal de Ideias de Negócio realizada,
pela primeira vez, em regime de Bootcamp, é inovadora
Os
dois dias no concelho de Tábua representam um contributo para uma nova
mentalidade que a CIM Região de Coimbra quer ampliada a toda região e que combina
o conhecimento do território e a partilha das suas especificidades, com a
coesão, a solidariedade, a irreverência e a criatividade.
A
iniciativa da CIM Região de Coimbra contou com a participação de cerca de
300 pessoas, entre equipas, elementos da comunidade escolar, mentores,
autarcas, familiares, membros do júri, técnicos (as) dos Municípios, da
Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra e da empresa Gesentrepreneur,
consultora do projeto Empreendedorismo nas Escolas na Região de Coimbra.

A
Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra é um organismo público e congrega 19 municípios, entre os quais o de Penacova. É responsável, entre outras áreas, pelo desenvolvimento de ações e de projetos regionais no setor da Educação.

Nos últimos 4 anos, a CIM RC tem sido promotora do Programa Empreendedorismo nas Escolas da Região de Coimbra, com o fim de criar uma cultura empresarial, promover o espírito de iniciativa, a cooperação e criatividade, o que permite aos alunos ter um primeiro contacto com esta temática.


Uma das componentes essenciais deste Programa são os Concursos de Ideias de Negócio, criados com o objetivo de facilitar um maior contacto com o mundo real, permitir aos jovens em idade escolar uma experiência na área do empreendedorismo e incentivar o desenvolvimento local.

 

Esta
ação é cofinanciada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e FEDER.