FUTEBOL DISTRITAL – Antevisão dos jogos de domingo

0
2


DIVISÃO DE HONRA

Só um Pereira a
transcender-se em relação ao que tem feito na Divisão de Honra AFC, sendo que
os pereirenses estão no último posto e têm tido dificuldades em conseguirem
pontuar na competição, poderá tirar o Condeixa do topo da prova. Os condeixenses
voltam a estar, à entrada da 26.ª ronda da elite do futebol distrital, no topo
após terem derrotado o Sourense por 1-0 e são favoritos a passar mais uma
jornada, que tem início às 16h00 de amanhã, na 
condição de comandantes.
Na primeira volta, os comandados de Vítor Gouveia aplicaram “chapa seis” na
recepção aos pereirenses.
Agora no 2.º posto, depois
de algumas rondas no topo, o Sourense vai tentar regressar as vitórias na
recepção ao Penelense (5.º) que tem tido alguns calafrios na segunda volta. O
encontro promete dificuldades para os pupilos de Rafael Silva tendo em conta,
também, que Soure é uma casa que Nuno Raquete bem conhece. Em Penela, o
candidato de Soure foi mais forte e bateu a turma anfitriã por 0-2. 

O Oliveira
do Hospital, 3.º classificado, tem a expectativa de que algum dos emblemas que
estão acima na tabela possa perder pontos e também não terá no terreno do Pampilhosense
(6.º) uma tarefa 
fácil. A turma oliveirense
venceu por 2-0 na primeira volta mas terá pela frente um conjunto que vem de
uma série de três jogos seguidos a vencer e que, em casa, apenas averbou duas
derrotas na Divisão de Honra.
Já mais distante, a 10
pontos do pódio, está o Ançã que, ainda assim, quer vincar posição entre o “top
5” da prova.
Nesta 26.ª ronda da Honra, o “Ferryaço” é visitado pelo Vinha da Rainha com
quem empatou a uma bola na primeira volta. A actual regularidade do Ançã
perante a incerteza exibicional do 12.º classificado tendem a escrever que os
locais são mais que favoritos à vitória.
Entre Febres (10.º) e
Eirense (7.º) a separação é de três pontos com os febrenses a terem a oportunidade
de se chegarem mais próximo do “top 5”
da 
prova. Para isso vão ter
de “vingar” a goleada sofrida em Eiras na primeira volta por 4-1. Tocha e União
FC (Penacova) querem triunfar diante do seu público com as visitas de Vigor e Poiares,
respectivamente, de modo a tentarem ainda ter uma palavra a dizer quanto a
lugares maiores. Em Sepins há encontro de “aflitos” com o Lousanense a procurar
pontuar para aumentar a vantagem que tem sobre os dois últimos classificado.

1ª DIVISÃO DISTRITAL 

A 24.ª jornada da 1.ª
Divisão da AFC pode ser sinónimo de festa para o Arganil. Mas se é certo que um
empate é suficiente para assegurar o regresso ao escalão maior do futebol
distrital de Coimbra, também não é menos verdade que a visita a Cantanhede encerra
grandes dificuldades, até porque o Marialvas sabe que só a vitória interessa para
manter vivo o sonho da subida, pois é 3.º com 45 pontos e está a apenas dois do
Lagares da Beira – esta época só sobem os dois primeiros – que, por sua vez,
tem tudo para somar os três pontos na deslocação a Arouce Praia. Aí mora o “lanterna
vermelha” da competição com apenas quatro pontos e que ainda não sabe o que é vencer.
Mas há mais. O Arganil que tem, neste momento, mais seis pontos do que o
Lagares e oito do que o Marialvas sabe que, se ganhar, a festa é a dobrar pois
assegura também o título de campeão, uma vez que tem vantagem no confronto
directo com os lagarenses.
André Freixo
– Diário de Coimbra