ORÇAMENTO PARTICIPATIVO – Proponentes vencedores tomam conhecimento da fase em que se encontra a construção do Canil/Gatil

0
2
A
equipa do Orçamento Participativo de Penacova reuniu esta quinta-feira com o
gabinete veterinário, com o arquitecto do projeto e com os proponentes
vencedores da edição do OP 2016 com o projeto “Construção de um Canil/Gatil”.
A
reunião pretendeu dar a conhecer a todos as partes a fase em que se encontra a
obra em questão, prestando informações sobre a evolução do processo de
construção. Desta reunião saíram marcações de futuros encontros, com vista ao
acompanhamento do processo, na qual a Direção Geral da Veterinária (DGV) tem
importante tarefa para debater todos os requisitos legais para a construção do
canil/gatil. A mesma entidade sugeriu uma visita ao canil camarário de Pombal,
para elucidar de diversos aspetos relevantes num edifício desta natureza.
João
Azadinho, Vice-Presidente da autarquia, sublinhou que “o projeto vencedor tem
uma vasta complexidade, sendo que obedece a regras e normas legais que não
podem, nem devem ser descuradas
”. Numa fase em que o projeto arquitetónico
vencedor de 2016 está praticamente concluído, João Azadinho lança o repto para
o Orçamento Participativo de 2017 com uma novidade, “este ano haverá, no
mínimo, dois projetos vencedores, pois cada vez mais a voz dos munícipes é
importante e deve ser tida em conta, dado que todos juntos vamos continuar a
construir uma Penacova melhor e mais desenvolvida
”.
Para
a edição de 2017, o executivo municipal aumentou o valor atribuído ao Orçamento
Participativo de 75.000 euros para 100.000 euros, visando dar espaço aos
projetos dos cidadãos (cada projeto não poderá ascender os 50.000€).
A RECORDAR:

A
anterior edição do Orçamento Participativo de Penacova, lançada pelo Executivo
presidido por Humberto Oliveira, destinou 75 mil euros para atribuir a um
projeto votado pela população, contou com 2356 votos expressos. O anúncio
dos resultados foi apresentado em 10 de outubro. O projeto vencedor desta
edição foi a “Construção de um Canil e Gatil” que está em fase
de implementação e tem como principal objetivo promover a adoção de
cães e gatos que são recolhidos pelo Município. Foram 170 as
propostas apresentadas, das quais 34 as escolhidas pelos cidadãos para análise
técnica por parte dos serviços técnicos do município.