FUTEBOL DISTRITAL – Antevisão dos jogos do fim de semana

0
1


Quando
faltam quatro rondas para o final, o Condeixa é o líder da Divisão de Honra AFC
com vantagem de quatro pontos para o “vice” Sourense sendo que 
a
formação condeixense, nesta 27.ª ronda da competição, recebe a visita de um
Pampilhosense com a moral em baixo depois das duas derrotas caseiras consecutivas
diante do Oliveira do Hospital por números pesados (1-4). Para além da forte
noção de que cada triunfo é mais um passo rumo ao título e, consequentemente,
ao Campeonato de Portugal, os comandados de Vítor Gouveia também gostariam de
aproveitar a imprevisibilidade que pode vir do dérbi de Soure visto que a Vinha
da Rainha é o local onde os pupilos de Rafael Silva têm mais uma difícil
missão.
Na
primeira volta, o Sourense bateu por 2-0 os “vizinhos” do mesmo concelho, mas é
incerto que um triunfo volte a ser uma realidade. Já os condeixenses, na visita
à Pampilhosa da Serra, averbaram uma das duas das derrotas que têm na prova com
o 2-0 a
ser favorável aos comandados de Carlos Alegre.
Quem
segue – motivado pelo acesso à final da Taça AFC – na procura de um deslize do
duo da frente é o Oliveira do Hospital que recebe a formação do Sepins que,
agora, já sabe que entra nas contas da descida devido à despromoção da Naval à
Divisão de Honra, sendo que antes apenas uma equipa desceria à 1.ª Divisão AFC.
A turma de Cantanhede tem a missão de vencer sob pena de, mais ronda menos
ronda, não conseguir evitar a despromoção.
Também
o Pereira, “lanterna vermelha”, tem de vencer de forma a evitar a descida que,
se não pontuar, pelo menos, no terreno do Penelense (5.º) ficará bem próxima. A
turma de Penela não está numa fase muito boa, pois já não vence há três
encontros, mas procurará regressar às alegrias diante de um conjunto que é
claramente mais fraco do ponto de vista teórico.
O
Poiares (13.º), já um pouco fora dessas lutas pela permanência, mas ainda
preocupado com eventuais descidas do terceiro escalão – tal como o Lousanense que
venceu, em jogo antecipado, o Febres (1-0) – espera conseguir surpreender o Ançã
(4.º).
Em
Eiras, os anfitriões (7.º) querem triunfar na recepção ao União FC (9.º) e “vingar”
a derrota por 1-0 no Campo da Feira Nova (Penacova). Sem perder há quatro embates está o
Vigor (11.º) que quer, certamente, prosseguir uma fase positiva na visita do Tocha
que vem de uma série de dois jogos a perder.
1ª DIVISÃO DISTRITAL
A penúltima jornada da 1.ª
Divisão da AFC pode fechar as contas da subida. O Arganil encara as duas
últimas rondas de uma forma bem tranquila depois de 
ter garantido a conquista
do ceptro de campeão no triunfo (2-3), em
 Cantanhede, diante do Marialvas. Hoje, a
recepção ao Mirandense (16h00) será de consagração dos arganilenses diante dos
seus adeptos.
Assim sendo, resta uma
vaga apenas no comboio da subida e, neste particular, o Lagares da Beira é o
que está mais próximo de o conseguir. O 2.º classificado recebe o Adémia,
penúltimo, pelo que parte com amplo favoritismo 
à conquista dos três
pontos que, de resto, garantem a promoção. Quem tem uma ténue esperança ainda é
o Marialvas (3.º) que está a cinco pontos do 2.º lugar. Os cantanhedenses têm
de vencer obrigatoriamente em Góis e precisam de uma “ajuda” do Adémia para
adiarem as decisões para a última jornada.



Diário de Coimbra