BANDEIRA AZUL – Penacova ganha mais uma praia galardoada

0
4
Ano após ano a região vê o
número de praias com Bandeira Azul aumentar. Face ao ao passado, na área da
Comunidade Intermunicipal Região de Coimbra, foram agora atribuídos mais dois
prestigiados galardões. Ou seja, entraram na lista as praias de Secarias
(Arganil), Senhora da Graça (Lousã) e Vimeiro (Penacova). Em sentido oposto, a
praia da Louçainha (Penela) perdeu o galardão, tudo indica ainda prejudicado
com o ano de 2012 em que a qualidade da água foi “boa” e não “excelente” como
aconteceu nos anos seguintes. Todavia, as contas são feitas tendo em conta os
últimos cinco anos.
Em todo o país, a Bandeira
Azul será hasteada em 320 praias (292 costeiras e 28  fluviais), 14 portos ou marinas e, pela
primeira vez, em cinco embarcações ecoturísticas. No ano passado tinham sido
314 as galardoadas.
O Centro de Portugal
voltou a ser reconhecido pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) como
uma região de turismo de excelência também em zonas balneares. Com efeito, como
sublinha a Turismo do Centro, em comunicado, «65 das 320 praias nacionais distinguidas
com Bandeira Azul 2017 estão sob jurisdição do Turismo Centro de Portugal. Ou
seja, cerca de 22% do total das praias nacionais Mas há mais alguns números que
merecem ser destacados: das 28 praias fluviais galardoadas, 22 pertencem à
maior região de turismo do país. Por outro, a Praia de Mira recebe a Bandeira
Azul pelo 31.º ano consecutivo, sendo a praia que há mais tempo é premiada pela
ABAE.
A atribuição da Bandeira Azul
tem em conta critérios como a “informação e educação ambiental”,
“qualidade da água”, “gestão ambiental e equipamentos” e
“segurança e serviços”. Em comparação com a atribuição a nível
internacional, Portugal é o sexto país com mais galardões conferido, apresentando
mais de 55% das suas praias galardoadas.



A época balnear em ambas as praias do concelho
de Penacova,
Vimieiro e Reconquinho, agora galardoadas com a Bandeira Azul,
terá início a 15 de junho e prolongar-se-á até 15 de setembro, período durante
o qual, se encontra previsto um conjunto de iniciativas de educação ambiental e
de animação.