MATA DO MAXIAL – Prova Cega continua a ser motivo de orgulho para toda a população

0
1


No
passado dia 1 de Maio, feriado, a Associação de Moradores da Mata do Maxial
realizou a 2ª Edição da Prova Cega de Vinhos, exclusivamente dedicada ao néctar produzido nas adegas daquela
bonita aldeia da freguesia de Figueira de Lorvão.
Os
trabalhos começaram logo de manhã, pelas 7 horas, com a ajuda dos associados e
de alguns populares, já que eram esperadas algumas dezenas de participantes, entre
associados, amigos da associação e convivas, o que se veio a confirmar, uma vez
que se reuniram junto à sede da associação, cerca de 100 pessoas.
Dos vinhos apresentados a concurso, os três que
mais agradaram aos provadores,
foram o
vinho do sr. José Costa, que arrecadou o 1º lugar, o vinho do sr. Ricardo Marques,
que ficou em 2º lugar e o vinho do sr. Ernesto Araújo, que fechou o pódio.
Depois
do almoço convívio, todos os participantes fizeram uma visita às adegas da Mata
do Maxial e regressaram ao recinto da Associação para lancharem e atribuírem a camisola amarela ao sr. José Costa,
pessoa que, não pertencendo à associação, colaborou dinamização do evento.
A
organização destaca a importância do evento, uma vez que tem como principal
objetivo a preservação e dignificação daquilo que melhor se produz naquela
localidade, respeitando a forma tradicional como ainda se trabalha a terra e
dela se retira o sustento.
Na iniciativa, estiveram presentes, os representantes
da junta de freguesia de Figueira de Lorvão e do município de Penacova, aos
quais se juntou o presidente da junta de freguesia de Brasfemes.