BASQUETEBOL – CAD/Chelo quer manter trilho para celebrar a subida

0
4


O CAD/UPC
Chelo entra hoje na fase decisiva da época e depois de ter realizado um
percurso fenomenal no qual soma por vitórias os jogos realizados. A equipa
orientada por Nuno Rebelo vai até domingo entrar em acção no Complexo
Desportivo de Almada com o intuito de ganhar as três “finais” que restam e
assim garantir a subida ao Nacional da 1.ª Divisão feminina, “prémio” reservado
aos dois primeiros classificados desta fase.
Para além da
formação que representa o distrito de Coimbra, vão estar em acção a
Oliveirense, o Basket Almada Clube (BAC) e o Tubarões (clube de Quarteira).
«As
expectativas passam por um dos dois primeiros lugares. O objectivo traçado
desde o início da época é a subida e qualquer posição abaixo disso será uma
tremenda desilusão», disse Nuno Rebelo. O treinador da formação coimbrã lembra
que a «equipa está mais madura
» e «aprendeu com os erros do ano passado», recordando
um desaire no derradeiro jogo que impossibilitou a ida à fase final. O grupo
deste ano tem «mais duas/três jogadoras experientes» que dão «suporte
» à equipa.
Na primeira
fase do Nacional da 2.ª Divisão, o CAD/Chelo venceu a Série B da Zona Norte, com
14 vitórias em igual número de jogos, marcou 1062 pontos e sofreu 545. Na
segunda fase da Zona Norte, a hegemonia cadista voltou a prevalecer sobre a
concorrência, somando por vitórias os 10 jogos realizados (784-551 em pontos).
«Sabemos que
temos uma responsabilidade acrescida, mas apesar da excelente campanha o
objectivo não está alcançado, pelo que se não estivermos ao nosso melhor nível agora,
o que está para trás não nos vai valer de nada
», frisou Nuno Rebelo.
O técnico
conhece bem as restantes três equipas, pelo que acredita numa fase final
equilibrada e com os «jogos a decidirem-se nos detalhes». 

Ricardo Ferreira Santos – Diário de Coimbra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui