ASSOCIATIVISMO – Chelo em festa com homenagem a atletas do clube

0
2
Ao celebrar os 37 anos de vida da União Popular e Cultural de Chelo, a sua direcção aproveitou para festejar a subida à I Divisão de Basquetebol da equipa do CAD/UPCC – Associação Coimbra Basquete/União Popular e Cultural de Chelo, que numa parceria encetada há anos, entre as duas agremiações, tem permitido uma mais-valia à localidade, para a freguesia, para o concelho e também para o distrito, tendo também em evidência a modalidade de Futsal.
Foi
no dia 20 de Maio que a festa subiu ao palco, na antiga e bem arrumada sede da
colectividade, com a presença de várias representações, tendo em conta a do
desporto, através da Associação de Futebol de Coimbra (Prof. Horácio Antunes),
Associação de Basquetebol de Coimbra (Luís Santarino), não falando da presença
dos autarcas locais, representadas pelos presidentes da Assembleia Municipal e
Câmara de Pe­nacova (Eng. Pedro Coim­bra e Dr. Humberto Oliveira,
respectivamente).
No
final do jantar, no qual se notou grande participação, foi o presidente da
direcção da União Popular de Chelo, Eng. António Ralha, a salientar o feito dos
atletas, ao subirem à I Divisão de Basquetebol, lhes deixar um forte agradecimento,
não esquecendo também os que participam no Futsal, cujos resultados têm sido
frutíferos. Tendo já em atenção a preparação da nova época, o Presidente da
Direcção do Chelo não deixou de desabafar que, apesar destas vitórias, afirmou
que «somos cada vez menos e sentimos que
as pessoas estão alheias
», já que isto, como sublinhou, «é um trabalho por Chelo e pelo concelho»
e por isso pediu o apoio de todos.
Depois
do presidente do CAT, Manuel Monteiro, ter dito que o objectivo da equipa foi
cumprido, cujo trabalho se deve aos jogadores e treinador, foi o Prof. Horário
Antunes a orgulhar-se por ter no seio da Associação de Futebol de Coimbra uma
instituição como o Chelo. Elogiando o trabalho notável que ali tem sido feito,
não deixou de se referir com fervor ao trabalho que o Eng. António Ralha tem vindo
a desenvolver, fazendo votos para que continuem a trabalhar, pois «para o ano haverá mais atletas e melhores
classificações
».
Luís
Santarino, fez notar que pela primeira vez sai um clube de Coimbra para fora da
cidade, sendo uma forma de as pessoas «virem
para cá
», e em termos de apoios, «certamente
que a Câmara não deixará de apoiar
».
E
foi precisamente o Presidente da edilidade penacovense a elogiar a gente que
sente esta terra, tendo no seu seio uma instituição ecléctica, para além de ser
uma instituição ligada ao Desporto, também a Cultura a faz viver e reviver, com
o seu Rancho Folclórico «As Paliteiras».
Humberto Oliveira, não deixando de louvar todo os trabalho que é desenvolvido,
a nível de direcção, relevar o trabalho directivo, na pessoa do Eng. Ralha e
sobre apoios, afirmou que a Câmara continuará ter a gestão do pavilhão, pois
com esta atitude possibilitará o Chelo «a
ir mais adiante
», já que nunca se imaginaria que no concelho de Penacova se
viria a praticar basquetebol de primeiro nível.
No
final das intervenções houve a troca de lembranças e reconhecimentos, que
ficarão a significar e a vincar fortemente mais este grande momento vivido em
Chelo.
José Travassos de Vasconcelos – A Comarca de Arganil