DECO – Quero praticar uma atividade ao ar livre com segurança. O que devo saber?

0
1
Com
o sol a entrar pela janela, chega a vontade de passear, de realizar atividades
ao ar livre. Para que uma atividade seja praticada com segurança não basta
levar o telemóvel e verificar o boletim meteorológico.

Em
Portugal, nos últimos anos tem-se verificado um aumento de praticantes de
atividades ao ar livre, não só pelos seus benefícios ao nível da saúde mas
também pelo gosto pela natureza, pela diversidade de recursos naturais do nosso
país e pelo envolvimento em novas experiências.
É
possível praticar atividades de ar livre de forma autónoma ou recorrendo a uma
empresa de organização destas atividades. Deste modo, o consumidor deve sempre
avaliar se está preparado para praticar atividades de ar livre com total
autonomia ou se deve recorrer a serviços técnicos especializados.
Praticar
de uma forma autónoma atividades de ar livre em meio natural é totalmente
desaconselhável ao consumidor que não conhece o território e que não tem
experiência nas atividades escolhidas, pois uma simples caminhada pode
tornar-se numa situação de risco.
Assim,
a DECO aconselha:
  • deve optar por
    praticar atividades de ar livre em locais bastante frequentados;
  • caso vá sozinho,
    deixe informações exatas do seu destino, o que facilitará a sua
    localização em caso de acidente;
  • escolha as
    atividades em função da sua condição física e da sua saúde. Em caso de
    dúvida, é fundamental procurar aconselhamento junto do médico de família
    ou médico assistente;
  • desafie a família
    ou os amigos para programas de atividades de ar livre apenas se estes
    estiverem aptos.
O
consumidor deverá sempre cumprir as regras das atividades e ter consciência do
que faz e quais os riscos associados.
Melanie Magalhães
Gabinete de Projetos e Inovação
DECO Centro
Os leitores interessados em obter esclarecimentos
relacionados com o Direito do Consumo, bem como apresentar eventuais problemas
ou situações, podem recorrer à DECO, bastando, para isso, escreverem para DECO
– Gabinete de Apoio ao Consumidor – Rua Padre Estêvão Cabral, 79-5º, Sala
504-3000-317 Coimbra.