AUTÁRQUICAS – CDU apresentou primeiros candidatos às freguesias de Penacova

0
4
O
Almoço Convívio de apresentação dos 1º candidatos às freguesias  com a
presença de várias dezenas de activistas da CDU.
Álvaro Miranda 1º candidato à Assembleia municipal de Penacova referiu
a dinâmica e apoio á CDU manifestado em diversas freguesias e apresentou os
Candidatos como Homens e mulheres com provas dadas na defesa das populações. Não
assumimos cargos para ganhar mais, para promoção pessoal ou para obter qualquer
benefício. Isto faz de nós pessoas diferentes.
Consideramos
que ninguém deve ser beneficiado ou prejudicado pelo desempenho de cargos
públicos.
Os Candidatos
União
de Freguesias de São Pedro de Alva e São Paio de Mondego – José da Silva Lourenço, manobrador de
Máquinas
Freguesia
de Penacova – Honorata Pereira, Professora
Freguesia
de Carvalho – Armindo Martins, Taxista
Freguesia
de Lorvão – Eduardo Ferreira, Funcionário
da Adm. Pública, Actual eleito da CDU na A M Penacova
Isabel Bem Haja, 1ª Candidata à Camara Municipal de Penacova,
interveio dizendo:
“Hoje como antes, a CDU em Penacova está
próxima das populações, auscultando as suas necessidades e aspirações,
estabelecendo como objectivos a defesa e a qualidade dos serviços
públicos, a melhoria das condições de acesso  à saúde, à educação, à
cultura, ao desporto, à protecção social, à habitação, aos transportes
públicos, sempre numa perspectiva de combate à pobreza e às desigualdades
sociais
.
A prová-lo está  o envolvimento no
combate a sinistralidade no  IP3, na exigência da sua melhoria, reparação
e correcção do traçado, na exigência de que a nova auto-estrada a ser
construída não sobreponha  o traçado do IP3.
Na luta por melhores  transportes
públicos, recentemente por melhores transportes para a Freguesia de Lorvão e
contra a descriminação no valor do preço do bilhete, no envolvimento  pela
construção da escada de peixe entre muitas outras.
Numa altura em que o poder central e o
governo do PS tenta a coberto da descentralização, responsabilizar as
autarquias por áreas que são claramente da competência central, como é o caso
da educação. Assumimos o compromisso de estar atentos a que qualquer outras
transferências de competências terão que ser acompanhadas da transferência de
meios financeiros técnicos e humanos e de formação.

Concorremos a estas eleições com a
confiança do dever cumprido dos nossos eleitos e activistas da CDU na defesa
das populações.”
Patrícia
Machado da Comissão politica do CC do PCP referiu na sua intervenção
que:
“As próximas eleições autárquicas
constituem uma batalha politica de grande importância pelo que representam no
plano local, mas também pelo que podem contribuir para dar mais força à luta
que travamos nesta nova fase da vida politica nacional para defender,
repor  e conquistar direitos e rendimentos e afirmar a alternativa,
patriótica e de esquerda que o País precisa.
Por isso vamos para esta nova batalha
com a confiança  de quem tem um património de luta e intervenção  de
anos e anos de combate contra a politica de direita conduzida por
governos  do PSD, CDS e PS que levaram não só à desvalorização do Poder
Local, mas também o País à Crise e ao atraso.
Foi na CDU, através dos seus eleitos
que os trabalhadores, as populações e o poder local encontrou  a força da
resistência à ofensiva que o governo  PSD/CDS desencadeou , é e será na
CDU que o poder local democrático  encontrará o factor mais decisivo e
coerente para o dignificar  e fortalecer.”
É
na CDU que os trabalhadores e as populações contarão com uma acção
intransigente na defesa dos seus direitos.
A
CDU é a opção pela defesa  da produção agrícola e industrial, do
desenvolvimento local e regional. É a opção pela defesa da floresta  tão
massacrada e que os recentes acontecimentos infelizmente  espelharam com
grande crueza o falhanço das politicas de direita. Não  existe falta de
legislação , mas sim de execução e meios como sapadores  e guardas
florestais, o cadastro e o ordenamento da floresta, o apoio aos bombeiros,
entre outras.
Vamos 
para estas eleições com confiança  de quem provou ser uma voz
indispensável na defesa dos interesses dos trabalhadores e das populações.
A CDU de Penacova