FUTSAL – S. João vence Taça de Honra em final de sentido único

0
4


O
S. João conquistou, ontem à tarde, no Pavilhão Multidesportos Mário Mexia, a
quarta Taça de Honra AFC do seu palmarés ao derrotar, na final, o Chelo (Penacova), por
expressivo 8-0. Os dois emblemas vão voltar a encontrar-se esta época na Série
D do Nacional da 2.ª Divisão.
A
primeira metade foi dominada pelo emblema conimbricense. Logo ao minuto 3,
Pedro Silva tabelou com João Andrade e atirou à base do poste. O ascendente do
S. João foi materializado aos 6’: no seguimento de um canto de Bruno Carvalho,
Pedro Silva rematou de primeira e Luisinho desviou na cara do guarda-redes
Tiago.
O
guardião do Chelo foi, de resto, uma das grandes figuras dos primeiros 20’ ao realizar uma série de
boas defesas, tal como sucedeu aos 8’,
num remate de Romário ou logo de seguida na finalização de Miguel Costa. A
reacção do Chelo foi ténue e surgiu pelo pé esquerdo de Rodrigo, que obrigou
Leandro a defesa apertada.
Tiago
Salgado, aos 11’,
viu o guardião contrário negar-lhe o golo, já a Pedro Silva foi o poste que
devolveu o esférico. Do outro lado e numa ofensiva rápida, acabou por ser a
“quina” da baliza a devolver o corte de João Andrade. O domínio do S. João foi
coroado com novo golo de Luisinho, após assistência perfeita de Romário. Bruno
Carvalho ampliou logo de seguida (a passe de Pedro Silva) e o jogo começou aí a
ficar mais do que resolvido (0-3).
No
segundo tempo, a toada manteve-se. Na sequência de uma reposição lateral,
Romário disparou cruzado para o quarto golo da tarde. Logo de seguida, Allyson
recuperou a meio-campo, teve espaço e a “bomba” que disparou só parou no fundo
das redes. Numa tentativa de jogar com “cinco de campo” o Chelo perdeu a bola e
Romário bisou ao rematar ainda do seu meio-campo.
Com
o S. João a controlar, foi no seguimento de uma bela jogada colectiva que o
Jardel “fuzilou” o desamparado Tiago. Ofensivamente, o conjunto penacovense
poucas vezes conseguiu superar a “teia defensiva” coimbrã. Francisco Daniel e
Fábio (este por duas vezes) estiveram perto do “tento de honra”. Na entrada
para o último minuto, Bruno Carvalho fechou as contas na marcação de um livre
de 10 metros.
Quarto troféu seguido
Com
a vitória de ontem, o S. João fez o “tetra” na Taça de Honra AFC, prova que
regressou ao panorama distrital em 2014. Nas finais anteriores, o S. João
venceu CRI Alhadense (2-0), Casa do Povo de Miranda do Corvo (12-2) e Domus
Nostra (5-0).
CPMC em 3.º lugar
A
Casa do Povo de Miranda do Corvo garantiu o 3.º lugar na Taça de Honra ao
vencer o Domus Nostra, por 3-2. Rui Rodrigues e Leandro Cruz deram uma vantagem
de dois golos aos mirandenses. No segundo tempo, José Rua e Kevin igualaram a
partida para o conjunto de Portomar. No último segundo, Diogo Pedrosa fez o 3-2
final de penálti a favor da Casa do Povo.

Ricardo Ferreira Santos – Diário de Coimbra