COOPERAÇÃO – Comemorações dos 207 anos da Batalha do Bussaco junta três Municípios

0
2


Uma
recriação noturna da Batalha do Bussaco no próximo 23 de setembro e cerimónias
militares e protocolares, a 27 de setembro, são dois dos pontos altos das
celebrações dos 207 anos de um dos mais importantes factos históricos que
marcou a invasão francesa.
Os
concelhos da Mealhada, Penacova e Mortágua assinalam em conjunto a efeméride,
integrando no respetivo programa exposições, passeios e visitas guiadas ao
campo de batalha, teatro e música.
Concretamente
na noite de 23 de setembro, as encostas da serra voltam a transformar-se num
campo de batalha, que opõe os exércitos luso-inglês e francês. Os participantes
neste passeio encenado noturno serão levados a recuar até 1810, através de
pequenas encenações e efeitos de luz e som, numa recriação que tem a colaboração
do Grupo de Reconstituição História do Município de Almeida (GRHMA). Além do
passeio, cada um dos municípios apresenta propostas diferentes que se
complementam. Se a Mealhada, este ano, centra atenções nas crianças, com uma
peça de teatro para alunos das escolas e uma exposição interativa, Mortágua
aposta na abertura de um Centro Interpretativo e Penacova recria as travessias
do Mondego.
Todavia,
é no concelho da Mealhada que se centram as comemorações, por força do local
onde se deu a Batalha e pelas cerimó- nias protocolares junto ao monumento que
a relembra: o Obelisco, de 1873. Paralelamente estão a ser desenvolvidos
programas de atração de visitantes no setor do turismo histórico, militar,
natural e até gastronómico. Exemplo desta intermunicipalidade são a Grande Rota
do Bussaco ou os projetos de melhoria florestal da Serra do Buçaco, seja na
Mata, seja no perímetro da mesma, como sublinharam, ontem, os três autarcas,
Rui Marqueiro, José Júlio Norte e Humberto Oliveira, na conferência de imprensa
de apresentação do programa comemorativo dos 207 anos.




Programa (Mealhada,
Mortágua e Penacova)
8 a
30 de setembro

Exposição “Recreação de Acampamento militar à época das Invasões Francesas”,
Sala de Exposições do Cine Teatro Messias, Mealhada

16 de setembro – Passeio épico noturno “A travessia do Mondego”, Penacova

22 de setembro – Concerto pela Orquestra Ligeira do Exército, Alameda do Casino,
Luso, 22 horas

23 de setembro – Passeio noturno encenado. Percurso inclui passagens pelo porto
de comando, Obelisco, Sula e Moura. Embarque de participantes, Avenida 25 de
Abril, Mealhada, 21 horas

24 de setembro – Mortágua, arruada com gaiteiros, Concerto do Grupo de Câmara da
Banda do Exército do Porto, Recriação histórica nos Paços de Concelho e
abertura do Centro Interpretativo “Mortágua na Batalha do Bussaco”

27 de setembro – Cerimónias Militares e Protocolares do Exército Português.
Obelisco-Porta de Sula, Bussaco, a partir das 9 horas.

28 de setembro – Peça de Teatro sobre as Invasões Francesas. Cine Teatro
Messias, Mealhada (público escolar)

25 de setembro a 14 de outubro – Exposição de Fotografia “O Uniforme Militar Português no
início do seculo XIX – Aguarelas do General Ribeiro Arthur”. Biblioteca
Municipal da Mealhada