DOWNHILL BTT – Cinco vencedores da Taça são do distrito de Coimbra

0
2


Vasco
Bica (MS Racing Portugal) e Margarida Bandeira (Montanha Clube/LouzanPark)
sagraram-se vencedores da Taça de Portugal de Downhill (DHI), depois de
disputada a sexta e última prova pontuável, na Madeira.
A
correr em casa, o madeirense Emanuel Pombo (Ciclo Madeira Clube Desportivo) não
deu hipóteses à concorrência na prova, fazendo a descida final em 2m46,556s.
Vasco Bica, natural do Luso, foi o segundo mais rápido, a 3,286s, e, assim,
carimbou a conquista da Taça de Portugal. O piloto do Luso terminou o troféu de
regularidade no topo da geral de elite, com 872 pontos, seguido por Emanuel
Pombo, com 733, e pelo conimbricense Francisco Pardal (Penacova DH/UD
Lorvanense), com 726.
Em
elite feminina, a vencedora da última corrida pontuável também não foi a
primeira na geral da Taça. A mais veloz na pista madeirense foi Ana Costa, da
formação montemorense da Casa do Povo de Abrunheira, com 3m39,451s. Margarida
Bandeira foi a 2.ª classificada, a 4,253s, um desempenho que lhe permitiu a
vitória na Taça de Portugal. Margarida Bandeira fechou a classificação geral
com 990 pontos, mais 85 do que Ana Costa e mais 346 do que Filipa Peres (MS
Racing Portugal).
Nas categorias jovens, os vencedores da
competição foram os mesmos que ergueram a Taça de Portugal. Aconteceu com o
júnior Tiago Ladeira (Casa do Povo de Abrunheira) e com o cadete Gonçalo
Bandeira (Montanha Clube/LouzanPark).
João
Freitas (Ciclo Madeira Clube Desportivo) foi o melhor master 30 na última
prova, mas a geral foi conquistada pelo colega de equipa Daniel Pombo. Pedro
Santos (Penacova DH/ UD Lorvanense) triunfou hoje em masters 40, mas a Taça vai
para a vitrina de Rui Cruz (MCF/ Xdream/Município de São Brás). José Pestana
(Freguesia do Caniço) foi o único master 50 hoje em pista, mas foi o ausente José
Salgueiro (MCF/ Xdream/Município de São Brás) quem se impôs na geral. Ana
Martins (Penacova DH/UD Lorvanense), que também não correu na Madeira, ganhou a
Taça em masters femininas.
A
Taça de Portugal por equipas foi conquistada pelo colectivo MCF/Xdream/Município
de São Brás.