IP3 – Colisão entre dois camiões provocou um ferido grave

0
2



Um
acidente envolvendo dois veículos pesados provocou ontem ferimentos graves num
dos condutores, transferido para a Urgência do Centro Hospitalar e
Universitário de Coimbra (CHUC), e obrigou ao corte do IP3 nos dois sentidos,
em Figueira de Lorvão.
De
acordo com o comandante dos Bombeiros de Penacova, que estiveram no local, um
camião embateu na traseira do outro, ao quilómetro 55 do IP3, junto ao Nó do
Lorvão, no sentido Coimbra – Viseu. E foi precisamente o condutor do camião que
embateu que ficou em estado grave.
António
Simões disse ao nosso jornal que o homem, de 41 anos e residente em Oliveira do
Hospital, ficou preso na viatura, obrigando a mais de uma hora de
desencarceramento. Apresentava «várias fracturas», foi assistido no local e
depois transferido para o hospital, revelou.
Devido
ao acidente e às necessárias operações de socorro, o trânsito no IP3 esteve
cortado nos dois sentidos durante cerca de duas horas, sendo desviado para
Figueira do Lorvão e retomando o IP3 na Espinheira. Pelas 20h00, segundo o
Destacamento de Trânsito da GNR, foi reaberto o trânsito no sentido Viseu –
Coimbra e pelas 21h40 todo o trânsito também retomado no sentido contrário.
Fonte do Destacamento de Trânsito revelou ainda que além dos dois pesados,
sofreram danos dois veículos ligeiros, supostamente afectados pelo acidente.
Além
dos Bombeiros de Penacova, com 11 elementos e três viaturas (ambulância, de
desencarceramento e de limpeza), esteve no local a VMER dos HUC.
Andrea
Trindad
e – Diário de Coimbra