ESCAMIZADA – Rebordosa mantém chama associativa

0
2
Desde Abril deste ano que
uma equipa directiva, liderada por Helena Amaral, tendo a acompanhá-la mais
quatro jovens mulheres, que a União Popular da Rebordosa vai de vento-em-poupa,
pois as contas apresentadas em Agosto findo, dão como despesas 947,89 euros e
uma receita de 2.907,09 euros. Como a verba do mês anterior era de 23.119,25
euros, actualmente o total para o mês seguinte é de 25.078,45 euros.
E é em ambiente festivo que
normalmente ali se respira, pois as iniciativas culturais e recreativas que se
vão desenvolvendo, em espaço maravilhoso para o efeito, dá para perceber que Rebordosa
está unida, tanto mais tendo agregado à colectividade o Grupo de Cavaquinhos,
que tem levado e elevado o nome da localidade e do concelho a vários pontos do
país e até do estrangeiro.
No
passado sábado, dia 30, mais uma organização teve lugar: a realização de uma
desfolhada*. A anunciá-la esteve o grupo «Antes
Só Vinho do que
Mal Acompanhado», de Penacova. Depois, em maravilhoso recinto, ao ar livre,
perante muita gente, com o Rancho Típico “Os
Barqueiros do Mondego
”, de Miro, a dar animação com as suas danças e
cantares, foi iniciada a desfolhada*, pelo Rancho, com a colaboração de muitos
assistentes, entre os quais o presidente da Câmara de Penacova, Humberto
Oliveira, acompanhado por João Azadinho, seu vice-presidente.
Realce-se também que as
obras naquele espaço não acabam. Desde há poucos anos, quem conheceu a sede da
União, pode dizer-se que a evolução em obras foi total. Além da requalificação
do edifício, sobretudo no seu interior, o piso superior foi melhorado o
rés-do-chão, para além da melhoria do bar, tendo usufruído, mais recentemente,
da instalação de uns bons balneários, que dá apoio a grupos que ali vão gozar
aquele local, por dias, mesmo à beira do Mondego. Há também a registar a
implantação, há poucos anos, de um parque infantil.
E é assim que a comunidade
de Rebordosa, pertencente à freguesia de Lorvão, luta e trabalha pelo seu bem,
associativamente falando.
Além
da desfolhada, a União tem já agendado um magusto e almoço de serrabulho para o
dia 5 de Novembro, com animação; em Dezembro o «Almoço do Sócio» e em Janeiro, dia 7, para começar o ano, «Cantares ao Meio».


José Travassos de Vasconcelos – A Comarca de Arganil


*desfolhada, ou escamizada, é o processo manual, através do qual se retira a espiga da milho