CIM Região de Coimbra reivindica revitalização turística dos territórios afetados pelos incêndios

0
1

A
CIM Região de Coimbra, em articulação com a tutela do Turismo, vai tomar
medidas para a revitalização dos territórios afetados pelos incêndios a 15 e 16
de Outubro.
Na
presença da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, o presidente
da CIM RC, João Ataíde, os vice presidentes, José Carlos Alexandrino e José
Brito Dias, e o secretário executivo da CIM RC, Jorge Brito, analisaram os
resultados do conjunto de reuniões que a CIM Região de Coimbra realizou nos
municípios afetados pelos incêndios de 15 e 16 de Outubro, em conjunto com o
gabinete de crise da tutela do Turismo.
Na
reunião, na sede da CIM Região de Coimbra, e em que participaram, além da
Direção da CIM RC, a presidente da CCDRC, Ana Abrunhosa, o presidente do
Turismo de Portugal, Luís Araújo, e o presidente da Entidade Regional de
Turismo do Centro, Pedro Machado, foram dadas orientações no sentido da revisão
dos projetos integrantes da “Rede de oferta turística em espaços
naturais”, com vista ao enquadramento da revitalização física das zonas
afetadas e respetivas pré-existências nas medidas de apoio disponíveis.
A
diversificação da base da oferta turística da Região de Coimbra, complementando
o turismo de natureza com a valorização dos produtos endógenos, através da
gastronomia, do artesanato, dos eventos, entre outros, foi outra das medidas
recomendadas pela representante do Governo.
Neste
sentido, a CIM Região de Coimbra pretende recorrer aos recursos disponibilizados
com vista a alargar a oferta nos territórios afetados com projetos na área da
gastronomia (orientado para a promoção da agricultura local e dos circuitos
curtos, promovendo a sustentabilidade do território por via dos produtos
endógenos), ou criação de projetos de ancorados
no Artesanato Regional assentes numa lógica de turismo sustentável e solidário.