BOMBEIROS – Encontro junta em Brasfemes 400 Infantes e Cadetes de 12 corporações

0
4


O 1.º Encontro Distrital de
Escolas de Infantes e Cadetes de 12 corporações de bombeiros do distrito de
Coimbra vai realizar-se no próximo domingo em Brasfemes.

A iniciativa vai contar com
a participação de 400 jovens bombeiros das corporações de Brasfemes, Condeixa,
Figueira da Foz, Góis, Lagares da Beira, Mira, Montemor-o-Velho, Oliveira do
Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Vila Nova de Poiares e Serpins.

Por proposta da Federação de
Bombeiros do Distrito de Coimbra, o encontro integra- -se nas comemorações do
10.º aniversário da Academia de Bombeiros Voluntários de Brasfemes, sendo
oportunidade para dar a conhecer as aprendizagens que os formandos, com idades
entre os 6 e os 17 anos, têm vindo a adquirir ao longo dos anos
.

O evento inicia-se às 10h00,
com a recepção dos participantes. Segue-se, pelas 10h30, uma mostra de
actividades e, às 12h30, um almoço convívio entre as escolinhas.

A mostra de actividades
prossegue às 14h00 e, pelas 17h00, realiza-se um desfile das escolas de
infantes e cadetes, seguido de entrega de lembranças e encerramento da
iniciativa. A mostra de actividades inclui, por exemplo, um exercício de
desencarceramento com extracção de duas vítimas, em que intervêm conjuntamente
os Bombeiros Voluntários de Penacova e de Vila Nova de Poiares.

Já a actuação dos Bombeiros
de Brasfemes prevê uma equipa para combate a incêndio numa viatura, com recurso
e utilização de espuma e de moto-bombas.

Os Bombeiros Voluntários de
Montemor-o-Velho participarão num exercício de combate a um incêndio urbano
numa estrutura tomada pelo fumo com uma vítima lá dentro.

Estão igualmente previstos
exercícios envolvendo os restantes corpos de bombeiros, nomeadamente dos
Voluntários da Figueira da Foz, que participarão num resgate em meio aquático,
ou os Bombeiros Voluntários de Pampilhosa da Serra, com manobra de resgate de
uma criança presa numa varanda.

«É
nosso entendimento e prática diária que, só integrando os jovens nos Bombeiros,
poderemos dar continuidade a um trabalho insubstituível na nossa sociedade que
é o apoio dedicado e profissional a quem de nós diariamente necessita
»,
referiram os Voluntários de Brasfemes.

Acácio Monteiro, comandante
da corporação de Brasfemes, recordou que esta iniciativa esteve prevista para
18 de Junho, mas foi adiada devido aos «devastadores incêndios florestais que
atingiram a zona Centro do país
».

O responsável frisou que os
Voluntários de Brasfemes foram pioneiros ao lançar, em 2007, esta formação para
jovens bombeiros.
José
João Ribeiro
– Diário de Coimbra