DESPORTO – Regularidade do comandante obriga concorrência a acelerar

0
4


A
ronda 8 da Divisão de Honra AFC vai proporcionar ao líder isolado Oliveira do
Hospital mais um teste bem interessante. Depois de vencer em Condeixa com um
golo de Varela aos 90+2’,
a turma da “beira serra”, que soma por vitórias os sete jogos realizados,
recebe um Vigor que lhe promete complicar a vida.
A
equipa de Fala, depois de viver um período de grande indefinição no arranque da
temporada (como comprova o facto de ainda só ter quatro jogos disputados nesta
prova), apenas perdeu na estreia. Com quatro vitórias (duas delas para a Taça
AFC) e um empate, os conimbricenses procuram travar a “máquina” liderada por
Bruno Conceição que apenas claudicou na Taça AFC.
O
Tourizense é, a par dos oliveirenses, o único emblema que ainda não perdeu no
principal patamar distrital e com cinco vitórias em seis embates mostra porque
se apresenta como um dos candidatos ao ceptro. Num desafio de extremos, o 2.º
do classificado visita o penúltimo, o Febres, emblema que ainda não venceu na
presente edição da prova.
Este
“jejum” de vitórias na Divisão de Honra AFC aplica-se igualmente a Tocha
(último classificado sem qualquer pon – to mas que eliminou o Oliveira do
Hospital da Taça AFC) e União FC (tem dois empates em cinco jogos). Os dois
emblemas medem forças este domingo no reduto gandarez e ambos querem dar um
“pontapé na crise”.
Quem
cumpre o quinto jogo seguido fora de casa é o Pampilhosense, 3.º classificado,
que mede forças com a Académica/SF (12.ª) que está bem, para já, bem distante
da luta pela subida à qual se propôs. Outro jogo “grande” desta ronda 8
realiza-se no Campo de S. Pedro com o Carapinheirense (8.º) a receber o
Condeixa (5.º), dois conjuntos que, tal como os estudantes, ainda auguram colar
ao topo e lutar pelo ceptro.
É
um Ançã (4.º) bem regular que recebe o Vinha da Rainha (9.º) num embate que
promete ser bem interessante.
Penelense
(13.º) e Eirense (11.º) que estão na segunda metade da tabela terão
compromissos difíceis diante dos recém-promovidos Marialvas (7.º) e Lagares da
Beira (6.º) que tão bem têm dado “conta do recado” neste regresso à elite
distrital.
1.ª Divisão AFC
 A paragem da Série A da 1.ª Divisão AFC é
aproveitada para Góis e Poiares acertarem contas. O embate acaba por ser
antecipado da 9.ª jornada, uma vez que há inversão da ordem do jogo, então
adiado na ronda 2. Ambos aspiram à subida e procuram atacar a liderança.
Na
Série B, é um Brasfemes (2.º) em crescendo que defronta o Águias (3.º),
enquanto a líder Naval 1893 joga com o Condeixa B. Adémia e Sepins recebem
Esperança e Lordemão.
Ricardo Ferreira Santos – Diário de Coimbra


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui