DESPORTO – CAD-UPCC/Opticalia vence CPN na estreia da internacional cubana Gelis Gonzalez

0
2


Em jogo a contar para a 4.a
Jornada do Campeonato Nacional da I Divisão Feminina, a equipa do
CAD-UPCC/Opticalia deslocou-se a Ermesinde para defrontar o CPN, atual segundo
classificado da prova.

Num jogo que se previa
equilibrado, começou melhor a equipa de Coimbra, abrindo o marcador com quatro
pontos consecutivos. Inconformado com o desenrolar da partida, o CPN responde
com dois triplos e assume a liderança do marcador. Neste quarto, apesar da boa
réplica defensiva da equipa de laranja, o ataque da formação da casa foi de
eficácia máxima, embora nunca tenha conseguido grande vantagem pontual. No
final do 1.º período, o resultado fixou-se em 17-14.

O segundo quarto foi
igualmente de grande equilíbrio. A equipa visitante melhorou na defesa do
bloqueio direto, baixando, assim, a percentagem de lançamento do adversário.
Impulsionado pela velocidade e qualidade de jogo da internacional cubana Gelis
Gonzalez, o CAD-UPCC/Opticalia voltou à liderança na partida, no entanto duas
perdas de bola infantis no final do período, permitiram à equipa de Ermesinde
empatar a 30 pontos nos segundos finais.

Após o intervalo, as
Cadistas apresentaram-se irrepreensíveis em todos os aspetos do jogo. Contra
uma defesa agressiva na portadora da bola, o jogo da equipa da casa começava a
denotar dificuldade em se organizar, ao passo que do outro lado estava uma
equipa cada vez mais confiante. A base Gelis Gonzalez marcava o ritmo do jogo,
sendo apenas travada em falta de cada vez que mudava de ritmo ou penetrava para
o cesto.  Destaque, igualmente, para
Djenifer Monteiro, que dominava os ressaltos nas duas tabelas, conseguindo 7
pontos só nesta fase do jogo. Não era de estranhar uma vantagem de 10 pontos
(38-48) no final do 3.º período.

No derradeiro quarto, a
formação comandada por Nuno Rebelo manteve sempre o jogo controlado,
contribuindo para isso uma excelente percentagem da linha de lance livre. O
CPN, nos momentos finais, aumentou a pressão defensiva, conseguindo reduzir a
diferença pontual de 11 para 5 pontos a 55 segundos do final, colocando alguma
incerteza no marcador. A nova entrada em jogo da base Gelis Gonzalez veio
trazer a tranquilidade e equilíbrio que a equipa perdeu após a sua saída,
acabando a formação do CAD-UPCC/Opticalia por vencer um jogo de grande
dificuldade.

Destaques individuais,
na equipa do CPN, para Francisca Meinedo (18 pontos) e Sofia Almeida (11
pontos). Na formação do CAD-UPCC/Opticalia, Djenifer Monteiro (22 pontos) e
Gelis Gonzalez (21 pontos) foram as mais eficazes.