ACIBA – Tômbola de Natal chega com algumas novidades

0
2
A
Tômbola de Natal da Associação Comercial e Industrial da Bairrada e Aguieira
(ACIBA) que se realiza anualmente nos concelhos da Mealhada, Mortágua e
Penacova, vai começar, nos três municípios, no início do próximo mês de
Dezembro e só terminará, pela primeira vez, no Dia de Reis. Outra das novidades
desta iniciativa, que tem registado um indiscutível sucesso junto dos
estabelecimentos comerciais da região abrangida e também dos consumidores, é o
facto de, para além da “mega tômbola” em cada município, cada estabelecimento
comercial fazer também o seu sorteio e “presentear” os seus clientes.
Isso
mesmo explicou ao jornal o vice-presidente da direcção da ACIBA, Cláudio Matos,
que destaca o alargamento do “tempo” do concurso até «ao dia 6 de Janeiro», facto que acontece pela primeira vez, e que
permite somar mais cupões, correspondentes a outras tantas compras. Por outro
lado, o dirigente sublinha o facto de cada estabelecimentos comercial fazer, de
per si, um sorteio entre os clientes, «oferecendo
um pequeno valor em compras
», que representa mais um atractivo para
escolher o comércio tradicional as compras desta quadra festiva.
O sistema da tômbola de Natal da ACIBA
vai funcionar nos mesmos moldes dos anos anteriores. Ou seja, por cada 15 euros
em compras nos estabelecimentos aderentes é dada uma senha ao cliente para que
seja colocada numa pequena tômbola, que depois seguirá para a tômbola uma maior
que, em 2016, premiou seis clientes em cada concelho.
«Este ano, as tômbolas destinar-se-ão apenas
aos associados da ACIBA e, por isso, estamos, neste momento, a fazer uma
campanha, com desconto na adesão, para dar oportunidade aos comerciantes de se
fazerem sócios da associação
», explicou o vice-presidente da direcção da
ACIBA, entidade que tem actualmente perto de duas centenas de associados. Este
projecto da ACIBA conta com o apoio das câmaras municipais da Mealhada, Mortágua
e Penacova. A título de exemplo, o município mealhadense, onde a Associação
está sediada, aprovou, em Setembro, um apoio de 2.500 euros, «para custear prémios, trabalho de
concepção, execução e distribuição das tômbolas pelos comerciantes
»


Mónica Sofia Lopes – Diário de Coimbra