DESPORTO – CAD-UPCC/Opticalia vence Juvemaia com primeira parte de grande qualidade

0
4
A contar para a 7.ª Jornada do
Campeonato Nacional da I Divisão, a equipa feminina do CAD-UPCC/Opticalia
recebeu e venceu a formação do Juvemaia, conseguindo o quarto triunfo
consecutivo em cinco jogos disputados.

A formação da casa surpreendeu
ao apresentar, desde o inicio do jogo, uma defesa zona 2/3, com grande pressão
sobre a portadora da bola, anulando por completo as penetrações e o 1×1 do
adversário, o seu principal ponto forte. Esta estratégia defensiva originou
muitos ataques precipitados, fruto de más decisões no passe ou lançamento,
aproveitadas pelas jogadoras do CAD-UPCC /Opticalia para saírem em
contra-ataque. Neste período, Oyanaisy Gelis era a “dona” do jogo, marcando o
ritmo da partida a seu gosto e, com assistências de grande classe, fazia
brilhar junto ao cesto Maria João Andrade e Djenifer Monteiro. Não era de
admirar que, face a este caudal ofensivo, a equipa da casa liderasse o marcador
com uns confortáveis 34-12 no final do primeiro período.

No segundo período, apesar das
várias substituições feitas, a formação laranja continuou a pressionar o
Juvemaia, anulando quase por completo a sua eficácia ofensiva. No ataque, em
resposta a uma melhor defesa do adversário sobre as jogadoras interiores,
apareceu a eficácia das jogadoras exteriores. Marta Azevedo e Bruna França
convertem dois lançamentos de três pontos consecutivos, colocando o marcador,
ao intervalo, com 36 pontos de diferença (54-18)
.

No terceiro período, e com o
jogo praticamente ganho, o treinador Nuno Rebelo deixa Oyanaisy Gelis no banco,
permitindo às restantes jogadoras assumirem a responsabilidade da partida. Se
defensivamente cumpriram, já ofensivamente se verificou uma quebra na
organização de jogo, assim como na eficácia de lançamento, marcando apenas 9
pontos contra 4 sofridos.

O quarto e último período foi
uma cópia do anterior. Assistiu-se a momentos de desacerto ofensivo e de pouca
objetividade. Valeu a entrada em cena da base cubana, para dar alguma emoção
aos últimos 6 minutos do jogo. Curiosidade para o facto de a formação da casa
ter marcado mais pontos no primeiro período do que em toda a segunda parte. O
resultado final cifrou-se em 72-33.



Destaques individuais para
Djenifer Monteiro (22 pontos e 14 ressaltos) e Maria João Andrade (21 pontos e
14 ressaltos) no CAD-UPCC/Opticalia. Amber Kulkens (7 pontos e 2 assistências)
e Maria Ferreira (8 pontos e 4 ressaltos) foram os destaques na equipa forasteira.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui