MOÇÃO – Aeroporto? Em Coimbra, claro!

0
2
A Comissão Política da Federação Distrital de Coimbra do
Partido Socialista aprovou uma moção para manifestar o seu apoio ao aeroporto
prometido pelo Presidente da Câmara Municipal de Coimbra.

Nos últimos meses a normal gestão da espuma dos dias pós-eleitorais,
levanta um rol de tentativas de depreciação dos projetos políticos,
principalmente daqueles que apresentam uma visão estratégica audaciosa e
defensora da melhoria de vida dos cidadãos.

A proposta da transformação do Aeródromo Municipal Bissaya Barreto no
novo Aeroporto Internacional de Coimbra e da Região Centro é, assim, um
desses alvos apetecíveis para pessimismos e tacticismos políticos (e partidários)
embrulhados em negativismos técnicos. Uns dizem que não querem, outros que
não dá e outros, dependendo do dia da semana, são mais ou menos
defensores da recuperação da importância que Coimbra tem no panorama regional e
nacional.

Assim sendo, é preciso esclarecer a posição da Comissão Política da
Federação Distrital de Coimbra, que agora reunida, tomou por unanimidade esta
posição esclarecedora!

Aeroporto? Em Coimbra, claro!
Que não haja dúvidas nem hesitações em relação ao compromisso de honra
que assumimos ao lado do Presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel
Machado. 

A Comissão Política da Federação Distrital de Coimbra do PS, não
pretende menosprezar outras propostas, nem andar a esgrimir argumentos dentro
ou fora do Partido. Pretende sim, afirmar a sua profunda convicção de que
a Região Centro, dona de um património cultural e natural ímpar, deve
ser possuidora de uma infraestrutura Aeroportuária que permita receber voos
comerciais como dinamizadores turísticos e socioeconómicos. 

Posto isto, como não defender que este imperativo de desenvolvimento da
região seja no Centro da Região? Na cidade que foi capital de Portugal? Na
primeira Universidade de Portugal e uma das mais antigas da Europa, reconhecida
como Património Mundial da UNESCO? Como não defender que o Aeroporto, imprescindível,
da Região Centro seja noutro local que não Coimbra?

Já chega de Coimbra se assumir como tão saudosista que tem de ficar em
lista de espera para receber os investimentos estruturais, que há anos
reivindicamos. Não vamos lutar pelo Aeroporto para nos esquecermos, do Metro
Bus, da Estação de Coimbra B e da Autoestrada Coimbra-Viseu.  Vamos lutar
por todos, para exigirmos do Poder Central que sejam cumpridas as
obrigações que existem para com Coimbra e a Região, sem mais atrasos
e adiamentos.

Por todas essas razões e mais algumas a Comissão Política da Federação
Distrital de Coimbra do Partido Socialista, reunida a 23
de janeiro de 2018, em Coimbra só pode dizer:
Aeroporto? Em Coimbra, claro!
O homem sonha e a obra nasce. Sonhámos e vamos, com a ajuda de todos,
fazer a obra nascer.