DIVISÃO DE HONRA – União FC fez jus ao nome e ficou com os três pontos

0
3


As diversas alterações apresentadas no onze inicial do Carapinheirense, a
pouca objetividade traduzida na não concretização de golos nos primeiros 20
minutos, uma oferta de bandeja, aos 44 minutos, e um querer enorme demonstrado
pela equipa do União, ao longo dos segundos 45 minutos. Foram fatores
determinantes para o resultado final que se verificou.
Na verdade, a equipa do Carapinheirense entrou disposta a continuar a senda
de bons resultados e várias foram as oportunidades criadas durante os primeiros
20 minutos mas com a bola a não entrar na baliza adversária.
A partir dos 30 minutos o União começou a libertar-se, a mostrar que tinha
capacidades para chegar à área da equipa da casa.
Os minutos iam passando e sentia-se que o resultado continuaria nulo até ao
intervalo, mas numa oferta de bandeja colocou a bola ao alcance da equipa de
Gavinhos que numa jogada rápida e apanhando toda a defesa em contra pé,
permitiu que Mário Brito desferisse, de fora da área, um remate muito colocado
que bateu Paulo André.
Se se esperava um Carapinheirense mais assertivo e dominante isso não
aconteceu e nem as diversas alterações de Paulo Machado permitiram desmontar a
excelente organização dos homens orientados por António Miranda.
Dois primeiros voltaram a golear na Honra (comentário) 
Na primeira jornada da segunda volta da Divisão de Honra, o Condeixa e o Ol.
Hospital continuam na liderança da prova, com 43 pontos, depois de ontem terem
goleado os seus adversários. O Condeixa venceu o dérbi conimbricense na
deslocação ao Vigor. Enquanto, o Ol. Hospital, em sua casa, não teve
dificuldades em derrotar, com direito a goleada, o Ançã.
O Tourizense também continuou o bom momento de forma, derrotando o Vinha da
Rainha e subindo provisoriamente ao terceiro posto, depois da escorregadela do
Carapinheirense, em casa, frente ao União FC. Quem continua sem conseguir
voltar às vitórias é o Pampilhosense, que ontem saiu derrotado na deslocação ao
terreno do Tocha. O Lagares regressou às vitórias e também registou uma
goleada, frente ao Marialvas. Nas restantes partidas, a Académica/SF e o
Penelense não conseguiram balançar as redes e, por isso, ficaram-se pelo nulo
no resultado. Na outra partida, o Eirense empatou fora de portas, com o último
classificado da tabela, que continua a ser o Febres
As diversas alterações apresentadas no onze inicial do Carapinheirense, a
pouca objetividade traduzida na não concretização de golos nos primeiros 20
minutos, uma oferta de bandeja, aos 44 minutos, e um querer enorme demonstrado
pela equipa do União, ao longo dos segundos 45 minutos. Foram fatores
determinantes para o resultado final que se verificou.
Na verdade, a equipa do Carapinheirense entrou disposta a continuar a senda
de bons resultados e várias foram as oportunidades criadas durante os primeiros
20 minutos mas com a bola a não entrar na baliza adversária.
A partir dos 30 minutos o União começou a libertar-se, a mostrar que tinha
capacidades para chegar à área da equipa da casa.
Os minutos iam passando e sentia-se que o resultado continuaria nulo até ao
intervalo, mas numa oferta de bandeja colocou a bola ao alcance da equipa de
Gavinhos que numa jogada rápida e apanhando toda a defesa em contra pé,
permitiu que Mário Brito desferisse, de fora da área, um remate muito colocado
que bateu Paulo André.
Se se esperava um Carapinheirense mais assertivo e dominante isso não
aconteceu e nem as diversas alterações de Paulo Machado permitiram desmontar a
excelente organização dos homens orientados por António Miranda.
Dois primeiros voltaram a golear na Honra (comentário) 
Na primeira jornada da segunda volta da Divisão de Honra, o Condeixa e o Ol.
Hospital continuam na liderança da prova, com 43 pontos, depois de ontem terem
goleado os seus adversários. O Condeixa venceu o dérbi conimbricense na
deslocação ao Vigor. Enquanto, o Ol. Hospital, em sua casa, não teve
dificuldades em derrotar, com direito a goleada, o Ançã.
O Tourizense também continuou o bom momento de forma, derrotando o Vinha da
Rainha e subindo provisoriamente ao terceiro posto, depois da escorregadela do
Carapinheirense, em casa, frente ao União FC. Quem continua sem conseguir
voltar às vitórias é o Pampilhosense, que ontem saiu derrotado na deslocação ao
terreno do Tocha. O Lagares regressou às vitó- rias e também registou uma
goleada, frente ao Marialvas. Nas restantes partidas, a Académica/SF e o
Penelense não conseguiram balançar as redes e, por isso, ficaram-se pelo nulo
no resultado. Na outra partida, o Eirense empatou fora de portas, com o último
classificado da tabela, que continua a ser o Febres
Vítor Travassos (texto) Ferreira Santos (foto)