DIREITO DE RESPOSTA ao texto dos vereadores do PSD de Penacova, sobre as “miseráveis condições” dos alunos da Escola Beira Agueira

0
3
A gerência e direção da EBA, Escola Beira Aguieira vêm, ao abrigo do Artigo 24.º
da Lei de Imprensa, solicitar a publicação do seguinte direito de resposta.

Foi a comunidade escolar da
Escola Beira Aguieira e de Penacova surpreendida por notícias, veiculando uma
posição política pública dos Vereadores do PSD, acerca da própria Escola.

É referido na notícia a “preocupação com as condições miseráveis em que vivem os alunos da EBA”, apelidando-as de “degradação humana”.

Discorre-se num conjunto de
considerações, acerca de falta de luz, fome, acesso a água quente, abandono,
falta de apoio, vergonha, falta de integração, concluindo com a necessidade do
Executivo Municipal atuar no sentido de assumir a responsabilidade da gestão da
Escola.

De seguida, e mais grave,
insinua-se que a Escola recebe “financiamento
ao abrigo de um qualquer convénio que se desconhece
”, facto que em si é bem
revelador e conclusivo de tudo aquilo que constitui a notícia: total
desconhecimento da realidade!

Este tipo de acusações e
afirmações, demonstram não haver a mais pequena noção da realidade e do que é o
funcionamento das Instituições (quer da Câmara Municipal quer da Escola), e a
má-fé, que por motivos desconhecidos, pode destruir uma Instituição de
Penacova.

A Gerência da EBA-Formação
Profissional, Lda. e a Direção da Escola Beira Aguieira, repudiam totalmente
este conjunto de afirmações, e lamentam profundamente que usem Instituições e
Pessoas, como arma de arremesso político.

26 de fevereiro de 2018

A gerência da EBA-Formação
Profissional, Lda.

A direção da Escola
Beira Aguieira