REBORDOSA – Autarcas reúnem com ARH do Centro para intervir na estrada do rio

0
0

Autarcas da junta de freguesia
de Lorvão, Penacova, reuniram esta segunda feira com a APA/RH Centro com o objectivo
de definir soluções para a conservação da estrada junto ao rio na Rebordosa, designadamente
os taludes que foram bastante afetados pela última cheia do Mondego. A urgência
da reunião prende-se, segundo o comunicado da autarquia, pela necessidade de
salvaguardar o trânsito naquela via, pois “é
única que permite o acesso do camião de recolha do lixo ao centro da Rebordosa
e à estação elevatória de águas residuais que serve a localidade
” e de
identificar “os pontos que carecem de
intervenção mais urgente
.”

Na reunião, que decorreu no
local, estiveram presentes, para além dos representantes da junta de freguesia
de Lorvão, uma equipa de técnicos da APA/RH Centro, os vereadores João
Azadinho e Ricardo Simões, da câmara municipal de Penacova, os representantes
da direcção da UPR (União Popular da Rebordosa) e ainda alguns populares que
ali residem há muitos anos e são profundos conhecedores do rio e suas margens.

Os técnicos da APA/RH Centro reconheceram a necessidade de obras de conservação naquela via, tendo apontado como solução “a colocação de material rochoso de grande
porte e posterior plantação de arvores para estabilizar os taludes de forma a
garantir que o caudal do rio não arraste os materiais lá colocados
”.

Segundo o comunicado, Rui Batista, presidente da junta de freguesia de Lorvão, Rui Batista, assumiu de imediato a responsabilidade de “formalizar o processo de pedido de autorização dirigido à APA/RH Centro, dada
a urgente necessidade de iniciar os trabalhos.