SÃO PEDRO DE ALVA – 1.500 sopas e 1.100 doces servidos no Festival das Sopas & Doces

0
3
Podem
dizer bem alto, tanto o Presidente da Câmara Municipal de Penacova, como o
Presidente da União de Freguesias de S. Pedro de Alva/São Paio de Mondego, que
as suas gentes, sobretudo as que residem em terras da Casconha, continuam a
fazer muito pela sua vida associativa, tendo neste caso a mão da Secção de
Natação da Casa do Povo de S. Pedro de Alva, que congregando as colectividades,
no passado fim-de-semana o salão da Casa do Povo foi um espaço onde o sabor de
uma boa sopa, fosse de peixe, de carne, ou de legumes, ou aos apetitosos doces,
fossem bolos, arroz-doce, tigelada, leite-creme, etc., esse apetite veio ao de
cima, mesmo aos que estavam de dieta.

Pois bem, o
salão tanto no sábado como no domingo foi o espaço privilegiado para uma vasta
multidão ali se deslocar para saborear tão ricos sabores e paladares. Como por
exemplo a Sopa de Peixe (Filarmónica da Casa do Povo), Sopa de Grão (Casa do
Povo), Sopa de Lavrador (Associação Desportiva e Recreativa de Laborins), Caldo
Verde (Rancho Folclórico da Casa do Povo), Sopa de Legumes (Associação Cultural
Desportiva de Sobral), Canja de Galinha (Secção de Natação da Casa do Povo),
Feijão Branco (Associação de Melhoramentos Cultura, Turismo e Progresso de
Hombres) e Sopa da Juventude – Sopa de Legumes com Galinha (Onda Jovem do
Alva).
No
meio de tudo isto, foi a animação, as vivências que vão acontecendo naquele e
noutros territórios do concelho de Penacova, que o presidente da Câmara, Dr.
Humberto Oliveira, que ali estava presente com a esposa, soube enaltecer mais
daquela
gente à beira do Alva, que através do seu trabalho, di­nâmica, força, dedicação
e sobretudo união, conseguem ultrapassar os traumas porque passaram nos incêndios
de Outubro passado.

O mesmo diapasão
envolveu o presidente da União de Freguesias, Vítor Cordeiro, que nas suas palavras
sente ter orgulho dos seus vizinhos e con­cidadãos ou fregueses, como lhe
queiram chamar, pois embora o apoio da autarquia seja latente, o movimento
associativo mexe-se sem estar à espera de tercei­ros; e com este espírito
lutador, tornam a União mais forte, mais unida e mais fortalecida.

«Vontade de crescermos juntos…»

A líder pela
Secção de Natação da Casa do Povo de S. Pedro de Alva, Lígia Fonseca, não só
focou o entendimento que existe entre as colectividades e as­sociações, como «
a cooperação, a entreajuda e unidade»,
como também é gratificante defender um prato que é importante na alimentação e
assim sendo, «
este festival é a prova
viva e eficaz de que é possível conseguirmos manter as colectividades desta nossa
União de Freguesias com um espírito vivo, dinâmico e salutar
». E chamando
para junto de si os seus colegas de direcção – Susana Rodrigues, Francisco
Fonseca, Alice Correia e Isabel Basso – não esqueceu os apoios que angariou
para levar de vencida este arrojado evento, e por isso salientou o grupo que o
incentivou e colaborou, como sendo Paula Coimbra, Belita, Maria, Alzinda,
Laurinda, Anália Daniela, Ana, Cristina, Paula Henriques, Júlia Paula, Graça e
Nela, que para elas pediu «
um grande
aplauso
».

Refira-se
que a importância atingida, cerca de 2.500 euros, será repartida consoante o
que
cada colectividade vendeu.

Parabéns Rafael
E como
estávamos falando sobre natação, nada melhor do que deixar uma boa notícia, a
juntar a tantas outras em que os jovens nadadores têm tido. Assim, no mesmo
fim-de-semana que decorria o Festival das Sopa e dos Doces, a Secção de Natação
da Casa do Povo de S. Pedro de Alva participava no Torneio Zona Norte-Infantis,
que se realizou na Piscina Municipal de Felgueiras, tendo como seu
representante o seu jovem atleta Rafael Campos, que obteve o 1.º lugar nos 100m
Bruços.

Pela
proeza, aqui ficam os parabéns ao Rafael, com votos de que continue forte, e… a
bater recordes.

José Travassos de Vasconcelos – A Comarca de Arganil