BASQUETE – CAD-UPCC/Opticalia mantém senda vitoriosa na Maia

0
3
A contar para a 16.ª jornada
do Campeonato Nacional da I Divisão Feminina, a formação do CAD-UPCC/Opticalia
venceu o Juvemaia por 46-63, mantendo-se isolada na segunda posição da tabela
classificativa.

A formação da casa demonstrou,
desde o início da partida, muita dificuldade em ultrapassar uma defesa “press”,
que se transformava numa zona 1x2x2 assim que o adversário transponha o meio
campo. Um par de roubos de bola e uma enorme eficácia ofensiva permitiram às
Cadistas um parcial de 0-13. Um oportuno desconto de tempo pedido pelo
treinador António Monteiro trouxe alguma tranquilidade às suas jogadoras, sem,
contudo, conseguirem uma aproximação no marcador. No final do primeiro período,
o resultado fixava-se em 7-21.

No segundo quarto, as
jogadoras forasteiras mantiveram a pressão defensiva sobre a portadora da bola,
ao passo que no ataque contavam com Maria João Andrade em tarde de grande
inspiração e eficácia, sendo autora de 18 pontos até ao intervalo. Não era de
admirar que o marcador disparasse para 20 pontos de diferença a meio do
período. Com o rodar da equipa e o descansar das jogadoras mais influentes, o
CAD-UPCC/Opticalia perdeu agressividade defensiva e, no ataque, algumas más
decisões permitiram à Juvemaia uma recuperação no marcador, registando-se uma
diferença de 15 pontos ao intervalo (19-34).

No reatar da partida e
novamente com o cinco inicial mais forte, as visitantes voltam a “disparar” no
marcador, passando a diferença pontual para 28 pontos a meio do quarto, altura
em que o treinador Nuno Rebelo faz descansar o “motor” da equipa, Oyanaisy Gelis.
O final do quarto chegava com o resultado em 31-54.

No derradeiro período, a
Juvemaia aumentou a pressão defensiva, causando muitas dificuldades de
organização ofensiva ao adversário. A maior agressividade das da casa
contrastava com a apatia de algumas jogadoras adversárias, encurtando-se a
diferença para 16 pontos a 4 minutos do final. Duas substituições na equipa
laranja foram suficientes para devolver o controlo do jogo, que se manteve até
ao fim da partida.

Na equipa do
CAD-UPCC/Opticalia, destaques individuais, para a MVP da partida, Maria João
Andrade (35 pontos; 17 ressaltos; 2 assistências; 5 roubos de bola) e Djenifer
Monteiro (13 pontos; 11 ressaltos; 3 assistências; 3 desarmes de lançamento). Na
Juvemaia, Maria Ferreira (17 pontos; 5 ressaltos; 2 assistências; 3 roubos de
bola) foi a mais inconformada.

Vitória sem contestação do
CAD-UPCC/Opticalia, que se mantém na luta pelo primeiro lugar, a apenas uma
vitória do líder Guifões, que perdeu em casa do Carnide.



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui