FUTEBOL – Empate teve sabor amargo para as ambições dos juniores do União

0
3

O União FC recebeu e empatou a
uma bola com o Anadia, em jogo a contar para a ronda 9 da Série C da Fase de
Manutenção do Nacional da 2.ª Divisão de Juniores.


Em duelo marcado por três
expulsões e no qual os unionistas tiveram diversas hipóteses para saírem
vitoriosos, fica a clara sensação de que o empate é amargo para o que a
turma local apresentou em campo. A formação penacovense entrou melhor no jogo
e, logo no minuto cinco, viu PL, após lançamento lateral de Nuno, rematar à
meia volta com a bola a passar por cima da barra. Pouco depois, os “trevos”
bairradinos responderam com Tiago Almeida a corresponder a um cruzamento da
esquerda e a obrigar BJ a fazer uma grande defesa.

O lance acabou por servir de
“clique” para os anadienses que, a partir deste momento, começaram a pressionar
a turma unionista. Aos 10’, Ricardo perdeu o esférico para Gonçalo Nunes que
colocou a bola em Calvo, mas este demorou demasiado tempo a enquadrar-se com a
baliza e perdeu o tempo de remate. Aos 23’, Rasteiro passou para Calvo e este,
desta vez, rematou mesmo mas foi a barra a parar a bola.

Aos 35 minutos, Ricardo fez
penálti e Calvo, na conversão, não vacilou com o marcador a mexer para os
anadienses. Antes do intervalo, Veigo bateu um livre directo e João Ribeiro,
caprichosamente, desviou a bola para a sua própria baliza com empate a fechar a
primeira parte do desafio.

Na segunda metade, novamente
melhor arranque dos visitados que viram PL cruzar para Cláudio, por pouco e com
a baliza à mercê, não conseguir o desvio. O jogo aqueceu, tornou-se quezilento
com as duas formações a lutarem mais com o coração do que com a cabeça pelo
resultado.

Os “trevos” viram Rasteiro ser
expulso com vermelho directo mas a turma anfitriã não conseguiu aproveitar essa
superioridade para ultrapassar o adversário.

Até ao final, mais duas
expulsões, uma para cada lado, e pouco futebol com muito com bate pelo meio.

O jogo foi arbitrado por André
Duarte, da Associação de Futebol de Braga, auxiliado por Sérgio Ferraz e Daniel
Vale.
Ricardo Ferreira Santos
Diário de Coimbra