AGRUPAMENTO DE ESCOLAS – Projeto “Cozinha Tradicional vs Cozinha Experimental” apresentado à comunidade

0
3

Foi ontem apresentado à comunidade, no Agrupamento de Escolas de Penacova,
o trabalho final do Projeto “Cozinha
Tradicional vs Cozinha Experimental
”, pelas alunas de 12º ano, Alexandra
Maia, Denisa Amado, Joana Fernandes e Rita Alves, coordenado pelas docentes
Fátima Carvalho e Margarida Figueiredo.
Com o espírito de enaltecer os produtos de origem penacovense e ligar a
escola à comunidade, surgiu a ideia de, utilizando as técnicas da gastronomia
molecular, criar uma entrada tendo por base um arroz de lampreia desconstruído
aliado a uma estética que lembrasse o rio, a barca serrana e o nevoeiro
caraterístico da zona, e um doce “menos
calórico
” possível de degustar por diabéticos numa embalagem que divulgasse
o património cultural e arquitetónico do Concelho. 
O projeto, além de integrar os saberes científicos adquiridos nas aulas de
Química e Biologia ao longo do seu percurso académico e perceber os processos
envolvidos na culinária, tentou juntar a inovação e criatividade para promover
a cultura, história e tradições gastronómicas no sentido de preservar a
identidade regional.
Este projeto foi desenvolvido no âmbito do concurso “A Ciência na Escola ao Serviço do Desenvolvimento e da Humanização
da Fundação Ilídio Pinho e teve a colaboração da Professora Doutora Aida Silva
da Escola Superior Agrária, do Chefe Emanuel Faria da Escola Superior de
Hotelaria de Coimbra, da Adega Campolargo, do Restaurante Côta, Padaria do
Largo, de doceiras da região, de vários alunos, encarregados de educação e
funcionários da Escola.
Estiveram presentes, a convite da Direção do Agrupamento de Escolas de
Penacova, em representação da autarquia penacovense, a vereadora da Educação,
Sandra Ralha e o vereador António Simões, bem como a Confraria da Lampreia e o
proprietário do Restaurante “Côta D’Azenha”.
De acordo com Sandra Ralha, “da
comunidade escolar têm brotado bons projetos, que aliam o conhecimento
curricular à cultura da comunidade, promovendo o concelho e as suas várias
atividades, fomentando iniciativas de grande qualidade e demonstrando que todos
os intervenientes nas escolas, desde alunos, pais, professores e funcionários,
se têm empenhado num compromisso que diferencia muito positivamente as nossas
escolas e os seus méritos
“.