RECONHECIMENTO – Associação Portuguesa de Museologia atribui oito prémios a museus da zona centro entre eles o de Melhor Museu do Ano

0
1
O Turismo Centro de
Portugal congratula-se com o facto de a região Centro de Portugal ter sido
galardoada com alguns dos principais prémios da Associação Portuguesa de
Museologia (APOM), na cerimónia que decorreu ontem, no Museu Nacional dos
Coches, em Lisboa.

A cerimónia premiou os museus que mais se destacaram este ano, em 25 categorias
a concurso. O Centro de Portugal esteve particularmente em evidência,
não só porque o prémio principal, de Melhor Museu do Ano, distinguiu o Museu
Metalúrgica Duarte Ferreira, no Tramagal, localizado nesta região, mas também
pela extensa lista de galardões entregues a outros espaços museológicos do
Centro.

É com grande satisfação, mas sem surpresa, que saudamos os prémios
atribuídos pela Associação Portuguesa de Museologia aos museus do Centro de Portugal.
Desde logo, o prémio principal, que distingue um projeto muito recente, mas que
já é merecedor de uma tão elevada distinção, com toda a justiça. Os meus
parabéns à Câmara Municipal de Abrantes e à parceria que instalou o Museu
Metalúrgica Duarte Ferreira, mas também a todos os outros museus da região que
saíram premiados na cerimónia
”, salientou Pedro Machado, presidente do
Turismo Centro de Portugal.

A diversidade dos museus que
podem ser visitados no Centro de Portugal é um trunfo da região, do ponto de
vista turístico. Uma região tão rica e com uma oferta tão alargada, que tem
conseguido captar o interesse de cada vez mais visitantes, nacionais e
internacionais, está felizmente representada nos seus espaços museológicos. Os
turistas procuram, de forma crescente, produtos diferenciados e o património
cultural e patrimonial é uma grande mais-valia
”, acrescentou.

Os prémios da Associação
Portuguesa de Museologia distinguiram os seguintes museus do Centro de
Portugal:

Melhor Museu do Ano: Museu Metalúrgica Duarte Ferreira (Tramagal);

Prémio Instituição:
Câmara Municipal de Mação – Instituto Terra e Memória;
Prémio
Aplicação de Gestão e Multimédia
: Museu Marítimo de Ílhavo e
PO.RO.S – Museu Portugal Romano em Sicó (Condeixa-a-Nova); Menção Honrosa nesta
categoria para o Museu Damião de Góis e das Vítimas da Inquisição
(Alenquer); 
Prémio
Filme de Divulgação
: Centro de Interpretação da Batalha do Bussaco
(Mortágua) e Casa da Memória Judaica da Raia Sabugalense (Sabugal);
Prémio
Marketing Cultural
: Museu de Leiria, com a exposição ReBelDes;
Prémio Inovação e Criatividade: Museu Municipal de Ourém;
Prémio
Colecionador
: Luís Pereira de Sampaio (Alcobaça); Menção
Honrosa nesta categoria para Manuel Silva, pelo Museu da Rádio – Radiolândia
(Oliveira do Bairro);
Prémio
de trabalho de Museografia
: Menção Honrosa nesta categoria para o
Museu Judaico de Belmonte e para o Museu Damião de Góis e das Vítimas da
Inquisição (Alenquer);
Prémio
Investigação
: Polo Museológico de Vilar Formoso, Fronteira
da Paz – Memorial aos refugiados e ao Cônsul Aristides Sousa Mendes; Menção
Honrosa nesta categoria para o Museu Metalúrgica Duarte Ferreira (Tramagal) e
para o Museu da Comunidade Concelhia da Batalha.