MATA DO BUSSACO – Música com objetos de construção civil encerra os dois dias do festival Catrapim

0
1
CRASSH é o grupo escolhido pela Fundação Mata
do Bussaco para encerrar o programa de animação nos dias do Catrapim, o
Festival de Artes para Crianças que irá decorrer, nos dias 23 e 24 de junho, na
Mata Nacional do Bussaco.
Trata-se
de um espetáculo de percussão, com instrumentos inusitados, alguns deles feitos
com materiais de construção civil, que pretende passar a mensagem ao público
sobre a extrema importância da proteção do ambiente e a autoproteção face aos
riscos que nos surgem no quotidiano
O grupo CRASSH faz literalmente música com um pouco de tudo.
Tudo constitui pretexto para produzir som e movimento. E, como resultado, tudo
o que é produzido reflete sonoridades únicas, divertidas e envolventes, dotadas
de um entusiasmo contagiante. O espetáculo é em movimento e para todas as
idades. A música é uma realidade imanente a tudo, uma vez que a musicalidade é
uma presença quotidiana: das botas aos baldes, das pias às vassouras, dos tubos
aos capacetes… tudo é oportunidade e suporte para fazer circular música. 
A voz do
cantor dos CRASSH é sempre em “CRASSHonês”, entre melodias conhecidas ou
originais “crasshianos”, o público é transportado por uma energia
transbordante e um humor a toda a prova, num espetáculo sem barreiras. A
diversão e a surpresa estão garantidas
.
O projeto
CRASSH é uma produção We Tum Tum, uma associação cultural que promove e
dinamiza o desenvolvimento de movimentos artisticos emergentes, dirigido por
Bruno Estima. 
CRASSH
foi recentemente vencedor do Prémio “Público” no Festival Internacional de
Teatro de Castilla y León, em Espanha. 
O público
do Catrapim vai poder assistir, nos dias 23 e 24 de junho, a dois concertos e
10 oficinas deste projeto musical

O
Catrapim é música e divertimento, mas é também sensibilização ambiental. Por
isso, a Águas do Centro Litoral (AdCL) e a Oficina de Segurança da Lousã irão
apresentar, nos dois dias do festival de artes do Bussaco, o musical “As
aventuras da Preventinha”. As três mascotes da Oficina de Segurança – a
“Preventinha”, a “Violeta Stop” e o “Zé Carumas” – convidaram a “Lisa”, a
“lontra” da AdCL, para alertar, através da música, as crianças para as boas
práticas ambientais e para os riscos domésticos, rodoviários e
florestais. 
Esta
colaboração ambiental entre as duas entidades apresenta, entre outas, a canção
Juntos pela Água” da “Lisa”, e
pretende sensibilizar a comunidade,
especialmente os mais jovens, para prevenir situações de risco,
consciencializar a criança/jovem para a autoproteção e promover um espírito
solidário na segurança de todos.
A par dos
espetáculos musicais e de teatro, o Catrapim promove sessões de showcooking,
malabarismo, teatro de marionetas e outras artes, em nove palcos espalhados
pela Mata Nacional do Bussaco, quatro horas por dia, e com acesso gratuito
(exceto veículos motorizados)
Promovido
pela Fundação Mata do Bussaco e pela Câmara Municipal da Mealhada e coproduzido
pela Associação Escolíadas, o evento tem os apoios, do ICNF – Instituto da
Conservação da Natureza e das Florestas, da Água das Caldas de Penacova e do
Grande Hotel de Luso e conta com a colaboração a delegação da Mealhada da Cruz Vermelha
Portuguesa e de escolas e associações locais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui