TURISMO DESPORTIVO – Chama-se Grande Prémio Nacional 2 e é a nova prova do calendário

0
2

O projeto do Grande Prémio de
Portugal Nacional 2, cuja primeira edição irá decorrer entre os dias de 18 a 22
de julho, na ligação entre Chaves a Faro, foi hoje formalmente apresentado em
Vila de Rei (Castelo Branco), numa cerimónia que contou com a presença da
Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho e com 17 dos 35 autarcas da
Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2. 

Na apresentação do projeto
gizado por Paulo Costa e Cândido Barbosa, responsáveis na Global Sport, e que
prontamente colheu o entusiasmo de Luís Machado, presidente da Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2, destacou-se o potencial da divulgação paisagística, patrimonial
e turística das regiões cruzadas por uma competição de cariz internacional – a
prova está inscrita na classe 2 do calendário da União Ciclista Internacional –
ao longo da terceira mais extensa estrada do mundo. Igualmente presentes na
cerimónia de apresentação do projeto estiveram, entre outros, os dois últimos
vencedores da Volta a Portugal em Bicicleta, Rui Vinhas e o espanhol Raúl
Alarcón. No final da cerimónia, Ana Mendes Godinho foi agraciada com a primeira
camisola amarela da futura competição cuja transmissão televisiva em directo
será assegurada pela TVI e pela TVI 24. 

A relação do ciclismo com a promoção territorial e com os interesses
económicos das regiões é cada vez mais clara e evidente
” reconheceu
Delmino Pereira, presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, presente na
cerimónia. “Este é um compromisso
assumido pela Federação Portuguesa de Ciclismo e que no passado não se
encontrava tão valorizado, mas que, presentemente, não abdicamos e que estamos
a conseguir explorar cada vez melhor. Neste contexto, é de enaltecer a génese
de um novo projeto que reforça o ciclismo, a única modalidade que consegue unir
o território, como veículo de excelência da promoção do melhor que há em cada
região
“, resumiu. 

A Estrada Nacional 2 atravessa
36 municípios (entre os quais o de Penacova) de 11 distritos de Norte a Sul do país. Os 738,5 quilómetros que
ligam Chaves a Faro serão cumpridos em competição, num programa de cinco dias
de corrida – a apresentar numa data posterior – e que contará um programa
paralelo de divulgação cultural e patrimonial de cada município
envolvido. 

Federação Portuguesa de Ciclismo