DECO – Cuidados com o Sol

0
2
Chegou
a época do ano em que o sol, finalmente, aqueceu as esplanadas e as praias
ficam repletas de pessoas que apenas querem aproveitar para apanhar uns raios
de sol. A verdade é que o sol tem um efeito benéfico sobre o estado de espírito
da maioria das pessoas, mas a exposição excessiva ao sol provoca o
envelhecimento precoce da pele e pode ser responsável pelo aparecimento de
lesões, algumas cancerosas. Por esta razão, embora seja uma época do ano que
convida a estarmos mais relaxados, temos de ter em conta alguns cuidados.

Protetor Solar

O
protetor deve ter um índice de protecção mínimo de 30, seja qual for o tipo de
pele. Os tons mais morenos e os negros não dispensam estes produtos;
Coloque
o protetor cerca de 20 a 30 minutos antes de se expor ao sol, para que a pele o
absorva bem. Repita a operação em cada 2 horas e após mergulhar, mesmo que o
rótulo refira que é à prova de água;
Evite
o sol entre a 11h e as 17h;
No
início das férias, não se exponha durante muitas horas seguidas. Movimente-se e
molhe-se frequentemente e não adormeça ao sol para evitar os escaldões;
Mesmo
que esteja um pouco enevoado, e protegido pelo guarda-sol ou use t-shirt,
aplique protetor solar em todo o corpo e não apenas nas zonas expostas.

Proteja-se do calor

Beba
muita água: quando transpiramos, perdemos muitos líquidos. Para não desidratar,
beba mais água, mesmo sem sede;
Faça
refeições ligeiras: opte por refeições mais ligeiras e repartidas, ricas em
frutas e legumes crus;
Prefira
locais frescos: nas horas mais quentes do dia mantenha a casa na penumbra.
Feche estores ou reposteiros e use ventoinhas com a cabeça rotativa, para maior
circulação de ar. Se tiver ar condicionado em casa, regule-o para uma
temperatura confortável, não demasiado fresca;
Evite
a exposição solar: nas horas de maior calor, não se exponha ao sol. Se não
puder evitar, use chapéu, óculos de sol e protetor solar. Opte por roupas leves
e largas;
Tratar e prevenir escaldões

As
queimaduras solares são provocadas pela exposição excessiva ao sol. Estas podem
variar consoante o tipo de pele, a altura do dia, o tempo e o local de
exposição. Se estiver na praia, o perigo é maior, pois a areia reflete os raios
solares.
Se a
pele ficar vermelha e quente, trata-se de uma queimadura ligeira ou moderada.
Quando é grave causa dor e pode levar à formação de bolhas. Se atingir uma
grande área pode provocar dor de cabeça, febre e náuseas. Se mais de 15% do
corpo foi atingido, convém consultar um médico.

Comece
por refrescar a pele com um banho frio. Beba muitos líquidos para arrefecer e
evitar a desidratação e aplique um creme hidratante na zona afetada.

No
caso das crianças, o escaldão pode ser mais perigoso, atingir zonas mais
profundas e ser mais incomodativo. Por isso, se o bebé tiver menos de um ano,
vá imediatamente ao médico.

Para
mais informações, www.deco.proteste.pt.
Isa
Tudela
Gabinete
de Projetos e Inovação
DECO
Coimbra
 

Os leitores
interessados em obter esclarecimentos relacionados com o Direito do Consumo,
bem como apresentar eventuais problemas ou situações, podem recorrer ao
Gabinete de Apoio ao Consumidor da DECO, bastando, para isso, escreverem para a
DECO – Rua Padre Estêvão Cabral, 79-5º, Sala 504-3000-317 Coimbra.