MATA NACIONAL DO BUSSACO – CATRAPIM superou expetativas mais otimistas

0
4
Foi um
sucesso que superou a expetativas mais otimistas, com uma multidão de gente a
invadir a Mata Nacional do Bussaco e a deixar rasgados elogios à qualidade do
programa artístico e à beleza ímpar da nossa floresta
”. Foi desta forma que
a organização do
Catrapim resumiu os dois dias do Festival de Artes para
Crianças promovido, anteontem e ontem, no Bussaco, pela Fundação Mata do
Bussaco e pela Câmara Municipal da Mealhada.
Recorde-se que a 2ª edição do Catrapim
proporcionou a milhares de visitantes, de todas as idades (crianças, pais e
avós) duas tardes de animação, de acesso gratuito, com teatro, música,
malabarismo, showcooking, magia, palhaços, contadores de histórias, arte
circense, jogos pedagógicos e marionetas. Os espetáculos decorreram, 4 horas por
dia, em dez palcos dispersos pela floresta (Monumento Nacional candidato a
Património Mundial da UNESCO), em locais de uma beleza extraordinária.
A
edição deste ano do Catrapim registou uma grande unanimidade nos comentários do
público, que veio fundamentalmente dos distritos de Coimbra, Aveiro, Viseu,
Leiria e Porto, mas também, embora em menor número, dos distritos da Guarda,
Lisboa e Santarém
”, assegura a organização do festival, um evento artístico
produzido pela associação Escolíadas, que contou com os apoios do Instituto de
Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), Águas das Caldas de Penacova,
Companhia de Teatro Viv’Arte, Águas do Centro Litoral, Rei dos leitões, Escola
Profissional Vasconcellos Lebre.
Para o próximo ano, a organização do
Catrapim deixa a promessa de surgir com “um
cartaz ainda mais ambicioso, com propostas culturais diferentes, com outros
animadores e outras ofertas capazes de atrair novos públicos e fidelizar os já
habituais
”, assegura o diretor-geral e criador do festival de artes
Catrapim, Miguel Gonçalves.