PARLAMENTO – Pedro Coimbra enaltece petições que pedem requalificação urgente do IP3

0
4
Pedro Coimbra, deputado eleito pelo
Partido Socialista pelo círculo eleitoral de Coimbra, recebeu esta semana, no
Parlamento, dois grupos de peticionários que, de uma maneira geral, pedem a
requalificação urgente do IP3, entre Coimbra e Viseu.
Para o parlamentar, ambas as petições
“fazem todo o sentido, porque “o IP3 é
uma das estradas mais movimentadas do país e não oferece condições de segurança
a pessoas e bens
”, que ali circulam. “É
urgente acabar com o rótulo de ‘estrada da morte’, como tem ficado conhecida
pelos acidentes gravíssimos que ali têm ocorrido
”, defendeu, durante a
audição dos peticionários.
Pedro Coimbra lembrou que se trata de um
dos eixos mais importantes do país do ponto de vista económico, já que liga o
litoral português a Espanha. “Atravessa
um vasto território muito produtivo, pelo que tem uma enorme importância nas
nossas exportações
”, afirmou.
Por isso, disse, “é urgente colocar separadores centrais, um novo pavimento, sinalização
horizontal e vertical, requalificar os nós, melhorar a iluminação nos locais
necessários, estabilizar taludes e drenar águas pluviais
”.
O deputado lembrou, porém, que a
intervenção recentemente anunciada pelo Governo vai exatamente ao encontro
destas necessidades e, por isso, congratulou-se com a opção tomada. “Não sendo a solução ideal, é uma excelente
solução tendo em conta os atuais recursos do país
”, reconheceu.
O socialista enalteceu ainda o facto de
a maior parte do troço, de acordo com o anunciado, ser perfil de autoestrada
sem portagem. “Será autoestrada entre
Coimbra e a Livraria do Mondego, no Concelho de Penacova, e entre a Foz do Dão
e Viseu
”, precisou. “Apenas no troço
entre a Livraria do Mondego e a Foz do Dão, cerca de 11km, não terá perfil de
autoestrada, embora este troço também vá ser requalificado
”, reiterou e
alvitrou a hipótese de se estudar uma futura alternativa para os 11 km em
causa.
De
todo o modo há que sublinhar que esta é uma excelente solução, que importa
implementar rápida e urgentemente, e que deve merecer um amplo e consensual apoio
de todos os responsáveis políticos, para que não fique limitada por qualquer
ciclo eleitoral ou conjuntura política
.”
A Associação de Utentes e Sobreviventes
do IP3 e a Associação Empresarial da Região de Viseu são os principais
promotores de duas petições, que têm Pedro Coimbra como relator. Atendendo ao
número de assinaturas recolhidas, estas petições serão discutidas em Plenário
da Assembleia da República.