PESCA – Rui Coimbra vence no segundo dia do Campeonato do Mundo

0
1


O atleta da seleção portuguesa que este fim-de-semana
disputou no Centro Náutico de Montemor-o-Velho o 65º Campeonato do Mundo de
Pesca Desportiva de Água Doce, Rui Coimbra, ficou este domingo em primeiro
lugar, destacando-se dos seus adversários que integram as restantes 21 nações
em prova.

Embora a seleção nacional tenha ficado aquém do seu
objetivo, o médico Rui Coimbra, natural de Penacova, distinguiu-se pela sua
extraordinária prestação, que o levou ao mais elevado lugar do pódio no segundo
dia da competição, rivalizando com atletas profissionais dos outros países, ao
passo que a equipa da seleção das quinas é constituída por atletas amadores.
Para além de Portugal, estão em competição Alemanha, Bélgica, Croácia,
Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estados Unidos da América, Finlândia, França,
Holanda, Hungria, Ilhas do Canal, Inglaterra, Itália, Luxemburgo, País de
Gales, Polónia, República Checa, São Marino, Suécia e Suíça.

De acordo com Rui Coimbra, “para auspiciar um melhor futuro, a modalidade de pesca desportiva em
Portugal devia investir num melhor dirigismo e, sobretudo, trabalhar mais em
equipa, pois só assim é possível combater as diferenças que nos separam de
outras seleções que defrontamos e só assim os nossos amadores podem procurar
bater os profissionais de outros países
”.

Rui Coimbra é filho do também médico e desportista da mesma
modalidade Artur Coimbra, e irmão do deputado e presidente da Assembleia
Municipal de Penacova Pedro Coimbra. Voltará em outubro próximo à pista de
pesca de Penacova, que tão bem conhece, para disputar o campeonato individual
da primeira divisão nacional de clubes.