CULTURA – Penacova partilha memórias no âmbito das Jornadas Europeias do Património

0
2

Subordinadas ao tema “Partilhar
Memórias
”, as Jornadas Europeias do Património 2018, passam por Penacova
entre 26 e 29 de setembro, com um conjunto de iniciativas que ligam o Ano
Europeu do Património Cultural às Comemorações do Centenário da Pérgola Raúl Lino.
Coordenadas pela Direção Geral do Património Cultural, as Jornadas
Europeias do Património têm como objetivo eternizar a história na nossa
consciência e partilhá-la entre as diferentes gerações, nesse âmbito, salienta
João Azadinho, Vereador com o Pelouro da Cultura, “a Câmara Municipal de Penacova associou-se a este evento, partilhando
um conjunto de memórias que entendemos, serem determinantes ao conhecimento da
história do nosso concelho. Ainda que, tenhamos, como referência máxima do
nosso património o Mosteiro de Lorvão, setembro é o mês que nos liga
profundamente à Batalha do Bussaco e, obviamente, não podemos igualmente
esquecer o facto de, neste ano, em que se comemora, na Europa, o Património
Cultural, a Pérgola Raúl Lino cumprir 100 anos de existência, pelo que este
espaço a par da Biblioteca Municipal de Penacova/Centro Cultural, serão os
palcos privilegiados para os eventos que programámos para estes quatro dias
”.
João Azadinho destaca a inauguração da Exposição “Raúl Lino – A Casa Portuguesa”, que terá lugar, no Dia Mundial de
Turismo, 27 de setembro, pelas 14H30, na Biblioteca Municipal de Penacova,
momento a que seguirá uma Tertúlia sobre a figura de Raúl Lino, desta feita na
Pérgola desenhada pelo Arquiteto, junto à Câmara Municipal de Penacova. A
organização do evento, que tem o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, é da
Câmara Municipal de Penacova em parceria com o CEIS20 – Centro de Estudos
Interdisciplinares do Séc. XX da Universidade de Coimbra.
No âmbito destas Jornadas, a Pérgola Raúl Lino será palco de mais três
eventos, a apresentação do filme “Linhas
de Wellington
”, 4ª feira, dia 26, pelas 21H45 e os espetáculos “Partilhar
Memórias – Quadros de Antigamente com o Rancho Etnográfico do Zagalho e Vale do
Conde
” (dia 28, sexta-feira, pelas 21H30) e, no sábado, 29 de setembro, pelas
21H30, “Nariz Preto”, um espetáculo
de rua em que Pedro Tochas, interage com o público, criando uma aventura épica
onde a mímica, o circo e o teatro físico em ambiente de cinema mudo, constroem
um interessante espetáculo visual.
Todos os eventos têm, como refere João Azadinho, entrada livre e o seu
objetivo é que as diferentes gerações possam partilhar estes momentos de uma
forma descontraída e familiar.