FUTEBOL – Divisão de Honra da AFC arranca este domingo

0
5


Quatro meses e meio depois do coroar do último campeão
distrital, está de volta a Divisão de Honra da Associação de Futebol de
Coimbra, para mais uma temporada de emoções.

Será um arranque “a meio gás”, já que das oito partidas
inicialmente agendadas, há duas que não se realizam.

Recorde-se que Eirense e Condeixa vão disputar a 2.ª
eliminatória da Taça de Portugal, pelo que os embates com Eirense e Lagares da
Beira, respetivamente, foram adiados para 1 de novembro (15H00).

Assim,
há seis embates agendados para amanhã às 15H00.

O Carapinheirense, 3.º classificado na época passada, este
ano com um plantel praticamente todo novo e um novo treinador no “banco”, Tó
Miranda, recebe um Marialvas apostado em fazer uma época mais tranquila.

Em Penela realiza-se um encontro “invertido”, já que o
sorteio tinha ditado o Sourense-Penelense na 1.ª jornada. Os homens da casa,
com um plantel ainda muito “curto” e cheio de indefi nições, vão receber um dos
candidatos ao título, o Sourense, com o treinador vice-campeão das últimas duas
temporadas no “banco”.
Tourizense e Ançã protagonizam, em Touriz, mais um duelo
que promete muita luta pelos três pontos, entre um candidato assumido – a
equipa da casa – e um “outsider”, que vai tentar surpreender.

No estádio Sérgio Conceição, a renovada equipa dos
estudantes vai defrontar o conjunto do Pampilhosense, que vai tentar entrar com
o pé direito, depois da melhor classificação de sempre, conseguida na temporada
passada.

Tocha e Vigor, duas das equipas que terminaram na cauda da
tabela na época passada, começam a esta época novos protagonistas. Dois
conjuntos jovens, que vão tentar bater o pé aos adversários a cada jogo.

O
outro jogo que falta falar é o Naval 1893-União FC.

Na Figueira da Foz mora uma equipa “renascida” das cinzas,
ambiciosa, depois de se sagrar campeã da 1.ª Divisão, mas ainda com um plantel
curto. Vai começar por defrontar o 5.º classifi cado da última época, num jogo
que cerá certamente “entretido”.

Bruno
Gonçalves
– Diário As Beiras