SOLIDARIEDADE – Sapadores Florestais de Penacova colaboram na recuperação da Mata do Bussaco

0
2

A Mata
Nacional do Bussaco que, há bem pouco tempo recuperou do impacto sofrido, em
2013, com a passagem da tempestade Gong pelo centro do País, vê o seu
património natural, mais uma vez afetado, desta feita com a passagem da
tempestade Leslie, que provocou fortes impactos nos seus 105 hectares,
destruindo parte considerável de uma melhores coleções dendrológicas da Europa,
destacando-se os prejuízos registados num dos seus locais mais emblemáticos, o
Vale dos Fetos”.
Encerrada
ao público, a Mata, segundo o Presidente da Fundação Mata do Bussaco, António
Gravato, “não vê comprometida a sua
candidatura a Património Mundial da UNESCO. A passagem devastadora da
tempestade Leslie, não provocou danos nos monumentos e no património edificado
e, apesar dos profundos prejuízos, ao nível do património natural, o mais
importante é aferir quantas árvores caíram, quantas ainda correm riscos de cair
e encontrar soluções que, podem passar, por exemplo, pela sua incorporação na
paisagem
”. Determinante é, igualmente, para António Gravato, o primeiro
passo dado de imediato, “agilizar a
limpeza da Mata o que, não é fácil, mas estamos crentes que, num curto espaço
de tempo, voltaremos a ter a Mata visitável, com uma floresta ainda mais bela e
mais limpa
”.
Espaço
emblemático da região “
é determinante
que todos nos envolvamos na sua recuperação
”, refere Humberto Oliveira. O
autarca de Penacova fez deslocar de imediato para a Mata, a Equipa de Sapadores
Florestais do Município, apresentada ao Secretário de Estado das Florestas,
Miguel Freitas, em julho de 2018, que, nesta missão, cumpre um dos objetivos
principais da sua criação, a proteção e preservação do património natural
existente no perímetro florestal da Serra do Bussaco.
O edil de
Penacova destaca o espírito de equipe e refere que “é com este espírito que sempre nos mobilizámos para a cooperação com os
municípios vizinhos, neste caso é a Mealhada, mas poderia ser qualquer outro
”.
Realçou ainda o “orgulho que nesta nova
equipe de sapadores florestais, que com muito empenho, tem realizado o seu
trabalho e se encontra especialmente motivada nesta missão que, para além da
limpeza de estradas e trilhos, prevê igualmente a preservação e valorização do
património florestal de um espaço que, se encontrando no concelho da Mealhada,
não deixa também de ser um espaço de referência para Penacova
”.