SOCIEDADE – Governo lança nova campanha pela eliminação da violência contra mulheres

0
2

O Governo vai lançar nesta terça-feira uma nova campanha
pela eliminação da violência contra as mulheres, uma iniciativa que conta com
vários parceiros e que apela para que as pessoas denunciem todas as situações
conhecidas.

Bastaria uma
vítima para nos inquietar, mas verificaram-se mais de 26 mil ocorrências de
violência doméstica em 2017 e já
21 homicídios de mulheres em 2018, em Portugal, para além das situações que
continuam invisíveis. Neste sentido, a campanha apela para que todas as
pessoas, não só as vítimas, denunciem situações de violência contra as mulheres
“,
refere o Ministério da Presidência e da Modernização Administrativa em
comunicado.

A campanha surge a propósito do Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, que se assinala no próximo dia 25
de Novembro, numa iniciativa da secretária de Estado para a Cidadania e a
Igualdade, Rosa Monteiro, em conjunto com a Associação de Mulheres Contra a
Violência (AMCV), Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), a Associação Portuguesa de
Mulheres Juristas (APMJ), o Movimento Democrático de Mulheres (MDM), a
Associação Plano I, a Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres
(PPDM), a União das Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR) e a Comissão para a
Cidadania e Igualdade de Género (CIG).

Queremos que
as vítimas se sintam confiantes para pedirem ajuda e que as pessoas, que têm
conhecimento de situações de violência, se sintam interpeladas e não hesitem em
denunciar. A denúncia, a procura de apoios e de informação são passos decisivos
para encerrar um processo de mudança e de superação, rompendo com ciclos de
dúvida, medo e de sofrimento
“, disse Rosa Monteiro, citada no
documento.

A iniciativa “#VamosGanharALutaContraAViolência“,
vai começar na terça-feira, com vários parceiros, como órgãos de comunicação
social, empresas de transportes ou cinemas, a difundirem “a mensagem a
nível nacional e nas mais diversas plataformas”.

A violência
doméstica é crime público. Denunciar é uma responsabilidade colectiva. Ligue
800 202 148
“, conclui o documento.