CONCURSO – Municípios da “Mesa da Bairrada ao Mondego” mantêm parceria na candidatura aos melhores doces

0
4


A riqueza das mesas da Bairrada e Mondego faz-se também
pela doçaria. Casticitos, caramujos e Morgado do Bussaco (Mealhada), nevadas e
pastéis de Lorvão (Penacova), pastéis de Tentúgal (Montemor-o-Velho), bolo de
Ançã (Cantanhede), brisas (Figueira da Foz) e arroz doce com ovos (Mira) são
algumas das iguarias que farão parte de uma candidatura conjunta dos seis
municípios, liderada pela AD-ELO – Associação de Desenvolvimento Local da
Bairrada e Mondego, no desafio das “7 Maravilhas” que, em 2019, será focado nos doces.

No jantar “simbólico”, de agradecimento e celebração da
vitória conseguida em Albufeira, a 16 de setembro, lançou-se do próximo
desafio: os doces da região, que são de grande qualidade e diversidade. Luís
Segadães, da organização 7 Maravilhas, participou no jantar e teve já uma
amostra da doçaria desta região. “É um
grande desafio. A primeira candidatura causou grande impacto pela união dos
municípios, temos grandes expectativas também em relação aos doces
”,
referiu.

A parceria, para o próximo desafio, dos doces, será para
manter. “No nosso território não há
fronteiras. É preciso entender que o que beneficia um concelho também traz
valor à região e aos outros municípios. É importante manter este nível de
colaboração entre os agentes políticos e sociais
”, explicou Rui Marqueiro, presidente
do município da Mealhada e da Associação de Desenvolvimento Local da Bairrada e
Mondego.