NATAL – Grupo Mensageiros da Alegria transmitem mensagem de Paz através do Presépio Vivo

0
2



Tal como nos anos anteriores, o Grupo de Jovens Mensageiros
da Alegria através do presépio vivo, tem como objetivo passar à comunidade a
mensagem do Natal da forma mais atual possível. Este ano as cenas apresentadas
tentam chamar-nos a atenção para algumas situações em que a paz e o amor entre
os Homens foi, é e será posta em causa. O desrespeito da humanidade pela
criação, pelo homem e pelo seu futuro são a prova que a vinda de Jesus continua,
ainda hoje, a ser necessária.


Começamos por mostrar onde o ser humano comete o primeiro
pecado “pelas mãos” de Adão e Eva. Deus proibiu o Homem de provar qualquer maçã
do jardim do Éden, mas Eva ouviu a serpente e caiu em tentação. Encontravam-se no
paraíso e ainda assim não conseguiram vê-lo. Também nós, no nosso dia-a-dia,
sucumbimos pela ambição e não sabemos reconhecer as dádivas da criação divina.

Em seguida, passamos por uma das situações mais traumáticas
da história, o Holocausto. O amor e a paz entre os Homens foi totalmente
esquecido. Marcado por um período onde o ser humano mostrou a sua pior face,
onde conseguiu ser o mais desumano possível. Queriam ser únicos, melhores que
os outros todos, e acabaram por destruir muitas vidas da maneira mais horrenda.

As cenas seguintes mostram várias situações do nosso
quotidiano, onde NÓS cometemos pequenas ações que parecendo banais não são mais
que o desrespeito pelos outros e pelo mundo que nos rodeia, do qual somos
apenas meros habitantes com o dever de preservar tudo aquilo que Deus nos
deixou, não tendo o direito de hipotecar as gerações futuras.

Finalmente, a Gruta onde nasce Jesus. Ele que é o sinal da
esperança e da mudança, que neste Natal e daqui em diante nos faça agradecer e
valorizar tudo o que temos de forma diferente respeitando os outros, 
a natureza e o futuro.




Pelo Grupo Mensageiros da Alegria