SAÚDE – Proposta para criação de unidade de cuidados continuados no antigo Hospital Psiquiátrico de Lorvão vai ser apreciada na AR

0
3


De acordo com o relatório
final da petição, a que a agência Lusa teve acesso, “tendo em conta o número de assinaturas que reúne, a presente petição
deverá ser agendada e apreciada em reunião plenária na Assembleia da República
“.

O documento entregue a 24 de
outubro pelo Movimento + Saúde para o Hospital de Lorvão, com 7.187
assinaturas, defende a criação de uma unidade de cuidados continuados e de
reabilitação no antigo Hospital Psiquiátrico instalado no Mosteiro do Lorvão,
no distrito de Coimbra.

Sugere ainda a sua integração
na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI).

No manifesto, os fundadores do
movimento cívico argumentam que “é gritante a falta destas estruturas de
apoio aos doentes e às famílias”.

Por outro lado, sustentam, as
instalações do antigo hospital, desativado há seis anos, estão “devolutas e em degradação“, e a
freguesia de Lorvão “tem a
mão-de-obra e o conhecimento adquirido ao longo de mais de meio século na área
dos cuidados de saúde
“.

Segundo os peticionários, o
Centro Hospitalar Universitário de Coimbra (CHUC) “não dispõe de espaços suficientes para transferir doentes para serviços
de saúde de retaguarda, existindo uma enorme carência de estruturas de apoio
aos doentes e às famílias, na área das doenças raras e dos cuidados continuados
“.

O relatório final da petição,
que teve o deputado socialista Pedro Coimbra como relator, conclui pelo seu
envio ao presidente da Assembleia da República e publicação, na íntegra, no
Diário da Assembleia da República, além de propor o seu agendamento para
apreciação em plenário.

Foto de Manuel Roberto | Público

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui