FLORESTA – Alterações e árvores nativas de Portugal foram tema de palestra em Penacova

0
8

No âmbito do projeto Eco-Escolas, o auditório da Biblioteca Municipal de
Penacova encheu-se de alunos da Escola Sede do Agrupamento de Escolas de
Penacova e da Escola Profissional Beira Aguieira, para ouvir o Professor Doutor
Jorge Paiva, do
Departamento de Botânica da Universidade de Coimbra, falar
sobre a floresta, as suas alterações e as árvores nativas de Portugal.
Foi para uma plateia repleta e curiosa, que o Professor Doutor Jorge Paiva
deu uma “mega aula” sobre Floresta, envolvendo história, ambiente, evoluções e
futurologia. Como o próprio refere na sua abordagem inicial “contam-se e aprendem-se muitas histórias
durante toda a nossa vida. Na infância são histórias muito variadas para
entretenimento ou para uma melhor integração no meio em que vivem. Nos
estabelecimentos de ensino aprende-se a história do nosso país, a história
universal, um pouco de história da literatura, da poesia, das ciências, das
religiões, etc., mas nada sobre a história da nossa floresta
”.
A capacidade oratória prendeu o interesse e os presentes, que não arredaram
pé do auditório até o Professor dar a palestra por finalizada. Com um sentido
de humor característico, e com base nos problemas atuais, foi desmistificando
algumas dúvidas e incertezas da plateia, recorrendo a exemplos como Trump e
Bolsonaro, e até mesmo às suas próprias vivências.
Realçando ainda que “com os
incêndios e a ação do homem, parte das nossas montanhas e algumas zonas
ribatejanas e alentejanas estão já transformadas em formações plenas de
invasoras como imensos eucaliptais (Portugal tem, atualmente, a maior área de
eucaliptal da Europa), pinhais e acaciais, estando já algumas montanhas
transformadas em zonas desérticas, plenas de pedregulhos
”. Demonstrando que
caso se “continuem a desenvolver este
tipo de políticas, e a não querer ver o que está a acontecer, caminharemos para
uma diminuição drástica de Biodiversidade florestal e rapidamente para um amplo
deserto de pedras montanhoso, com a planície e o litoral transformado num
imenso acacial, como, aliás já acontece em muitas regiões de Portugal
”.
De seguida realizou-se a inauguração da exposição itinerante “Árvores Nativas de Portugal”, que
contou com a colaboração da Escola Profissional Beira Aguieira, e estará
patente na Biblioteca Municipal de Penacova, na Sala Leitão Couto, até ao
próximo dia 15 de fevereiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui