ASSEMBLEIA MUNICIPAL – Saneamento básico na Carvoeira vai (finalmente) avançar

0
2

Durante a Assembleia Municipal de Penacova, realizada no
dia 23 de Fevereiro último, depois do presidente da Junta de Freguesia de
Figueira de Lorvão, Pedro Assunção, ter respondido a questões expostas pelo
deputado Carlos Sousa, em relação a melhoramentos que ainda não foram
executados naquela freguesia, alertou para o facto de, na governação autárquica
anterior, terem sido vendidas 30 sepulturas a pessoas ainda vivas, o que,
actualmente, dificulta o alargamento do cemitério.


Nesta sessão, os Bombeiros Voluntários de Penacova não
foram esquecidos, pois tanto o Partido Socialista, como o Partido Social
Democrata, apresentaram duas moções de congratulação pelos seus 89 anos de
vida. Enquanto o PS, na voz de Pedro Dinis, refere que «
de facto são esses ho­mens e mulheres aqueles que se entregam a troco
de coisa nenhuma, que verdadeiramente merecem destaque, são eles o seu
verdadeiro corpo e espírito, assim como são eles que, verdadeiramente, têm contri­buído
decisivamente para fazer da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de
Penacova uma referência no quadro distrital e nacional
», da parte do PSD,
na voz de Luís de Jesus Oliveira Amaral, «
mais
um ano se passou e graças ao trabalho árduo e desinteressado dos nossos
soldados da paz pudemos continuar a dormir descansados, cada vez mais
rejuvenescidos e mais fortes para continuarem a servir Penacova, Portugal e o
Mund
o».

No ponto Antes da Ordem do Dia, deputados houve que
intervieram: Álvaro Miranda (CDU), sobre os eucaliptos que continuam a
proliferar e da falta de iluminação em alguns locais; Carlos Sousa (PSD),
referiu-se a questões da sua freguesia, Figueira de Lorvão, como o saneamento,
bem como o caso de contratações; Mauro Carpinteiro (PSD), perguntou como está a
situação do Hotel de Penacova, deixando o repto para que a Câmara o comprasse,
para depois o colocar ao serviço do concelho; Frutuoso Oliveira (PSD),
referiu-se ao Conselho Municipal da Juventude, um espaço aberto para todos
dialogarem e quanto à criação do canil, ainda não houve movimentos para a sua
implementação; Pedro Dinis (PS) falou sobre os precários, em relação aos quais
o PSD tem lançado suspeitas, que depois não as colocam na prática,
faltando-lhes coragem para as assumir e será uma boa-nova a inclusão de
Penacova na Associação das Aldeias de Xisto; Pedro Assunção (PS), respondendo a
Carlos Sousa, falou dos projectos que foram aprovados depois de entrar na
Junta, engrossou o quadro de pessoal e o parque de viaturas, construiu a casa
mortuária, tendo agora em atenção a ampliação do cemitério, a qual tem sido
dificultada por na gerência anterior terem sido vendidas 30 sepulturas a
pessoas ainda vivas.

O Presidente da Câmara, Humberto Oliveira, deixou esclarecimentos
sobre as questões deixadas. Sobre os incêndios, há que rever o Plano Florestal
Contra Incêndios, a substituição das luminárias atingirão mais de 100. Sobre o
IP3, relacionados com a derivações, enquanto as obras decorrerem, anunciou que
na zona de Oliveira do Mondego serão construídos dois nós de circulação, mas
para isso serão os técnicos a afirmar e a confirmar. O Hotel é um assunto que
está a ser analisado no respectivo Conselho de Administração.

Nesta sessão foi aprovada a dissolução da Agência para o
Desenvolvimento Regional (EIM, S.A.).
Obras
de saneamento

Como o saneamento no concelho tem sido assunto bastante
focado nas diversas Assembleia Municipais, o Presidente da Câmara apresentou o
quadro das obras que estão em projecto.

Execução da conduta de distribuição de água à freguesia de
Sazes do Lorvão (Sazes e Midões); construção e remodelação da rede de saneamento
da freguesia de Penacova (Carvoeira); Sistema de drenagem e tratamento de esgotos
das freguesias do concelho (estação elevatória de esgotos da Z.I. de Alagoa e
ligação à rede da Espinheira – projecto em execução; construção e re­modelação
da rede de saneamento da União de Freguesias de São Pedro de Alva e São Paio de Mondego (Silveirinho); projecto da rede de distribuição de água e de drenagem
de águas residuais domésticas de Figueira de Lorvão; elaboração do projecto de
execução da rede de drenagem de águas residuais de Miro e emissário de ligação
à ETAR da Raiva; e elaboração do projecto de execução de remodelação e
ampliação da ETAR da Raiva; e estação elevatória da Carvoeira.

José Travassos de Vasconcelos – A Comarca de Arganil