INATEL leva programa a Pampilhosa da Serra, Penacova e Mealhada

0
4

Meia centena de pessoas do concelho da Pampilhosa da Serra
passaram o dia em Penacova, Lorvão e Serra do Bussaco, no âmbito do programa “
Conheça a sua Região”, organizado pela
Fundação INATEL em Coimbra.


O autocarro que trouxe os munícipes de Pampilhosa da Serra
chegou por volta das dez da manhã ao principal largo de Penacova, junto aos
Paços do Concelho. Para os receber estavam o diretor da Fundação INATEL, Bruno
Paixão, o presidente da autarquia, Humberto Oliveira, bem como o
vice-presidente, João Azadinho, e a vereadora Sandra Ralha.

Dadas as boas-vindas, junto à Pérgola Raúl Lino, e depois
de ouvida uma explicação sobre as características do concelho penacovense, a
comitiva seguiu para o Mosteiro de Lorvão, um monum
ento classificado, envolto
em lendas, cuja fundação remonta ao século VI.

Após o almoço na Espinheira, concelho de Penacova, os
participantes do programa “Conheça a sua
Região
” partiram para uma visita à Serra do Bussaco, concelho de Mealhada,
de onde regressaram ao concelho de origem.

A iniciativa “Conheça
a sua Região
”, lançada pela Fundação INATEL, consiste no lançamento de
roteiros onde se inserem os 19 concelhos da comunidade intermunicipal da região
de Coimbra, de forma a gerar um intercâmbio entre cidadãos, esperando-se
que neste ano de arranque, sejam alcançadas cerca de 800 pessoas.

Como refere Bruno Paixão, diretor da Fundação INATEL, “o programa Conheça a sua Região é
um convite feito a quem, por diversas razões, não tem tido a possibilidade de
visitar ou conhecer os concelhos vizinhos, partilhando conhecimentos e
experiências e observando as particularidades da sua região
”.

No cumprimento da sua vocação, a Fundação INATEL em Coimbra
tem vindo a desafiar a população local a descobrir a sua região. Com este
projeto é seu propósito proporcionar experiências, vivências e mostrar todo o
potencial da região à população da comunidade intermunicipal. Em parceria com
os municípios, o formato do programa visa criar um intercâmbio tendo como principais
pressupostos mobilizar os habitantes, que por várias razões não conhecem ou há
muito não visitam o que os rodeia, aumentar o número de visitantes potenciando
o desenvolvimento económico, turístico, cultural e social, envolver a
comunidade com vista a torná-la mais participativa e ativa e contribuir para
uma maior valorização do património natural e cultural na região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui